top of page
  • by Brunelson

Led Zeppelin: a história do cachorro que inspirou a canção "Black Dog"


A maioria dos fãs do LED ZEPPELIN diria que o álbum "Led Zeppelin IV" (4º disco, 1971) é a sua obra-prima.

Composto pela odisseia sonora que é a música "Stairway to Heaven", pela melancólica canção "Going to California" e pelo folk místico na música "The Battle of Evermore", os elementos se alinharam durante a gravação desse álbum, o qual se mantêm atemporal até hoje.

Embora as músicas citadas acima sejam, sem dúvida, obras-primas - com "Stairway to Heaven" talvez sendo o auge - esse disco também receberia o seu quinhão de críticas contemporâneas, mas em termos de hard rock pulsante, nenhuma música é melhor do que "Black Dog".

Construída em torno de uma dinâmica de chamada e resposta entre o vocalista Robert Plant e o resto da banda, de acordo com o biógrafo do grupo, Dave Lewis, os seus versos de início e a parada a cappella foram inspirados por uma peça anterior de blues rock, a canção hit de 1969 da banda FLEETWOOD MAC, "Oh Well".

O baixista do LED ZEPPELIN, John Paul Jones, é creditado por escrever o riff sinuoso da canção "Black Dog", inspirado naqueles encontrados no polêmico álbum de 1968 do bluesman Muddy Waters, "Electric Mud". Um estudioso da música ao longo da vida, Jones adicionou o riff e as complexas mudanças rítmicas em um padrão que se inverte conforme a canção caminha. Ainda não se dando por satisfeito, Jones complicaria as coisas adicionando compassos mutáveis.

No livro, "Led Zeppelin: All The Songs", Jones explicou por que ele fez esta música tão complexa: “Eu queria tentar um blues elétrico com uma parte de baixo rolante, mas não poderia ser tão simples". Por ser uma canção tão complexa, o quarteto inicialmente encontrou dificuldade em lidar com a reviravolta ao tocá-la. No entanto, o baterista John Bonham descobriu como resolver o desafio da forma mais simplista - ele tocou bateria no compasso 4/4 o tempo todo.

Famosamente, o disco "Led Zeppelin IV" foi gravado no retiro rural preferido da banda, o antigo reformatório, Headley Grange, um estúdio localizado na Inglaterra. O local forneceu ser um santuário do mundo exterior e propriedades acústicas únicas que permitiram ao LED ZEPPELIN dar vida ao seu som cada vez mais potente. Assim como vários artistas afirmam, o local onde é gravado um álbum influencia muito na sonoridade e composição das músicas, sendo que esse estúdio teve um impacto decisivo no grupo.

Headley Grange foi tão inspirador para o LED ZEPPELIN que até lhes rendeu o título para a música "Black Dog". Como eles revelaram após o lançamento do disco, o nome é uma referência a um cachorro labrador preto e desconhecido que vagava pelo local e que eles o alimentavam. Como os fãs sabem, o título não aparece na letra da música e não tem nada a ver com a canção em si.

Então, o LED ZEPPELIN olhou para o cão anônimo quando não conseguiu pensar em um título e escolheu "Black Dog".


"Black Dog"






























Comentarios


Mais Recentes
Destaques
bottom of page