top of page
  • by Brunelson

Led Zeppelin: a história que envolve a clássica música "Achilles Last Stand"


Todos nós conhecemos a história de Aquiles. O herói da Ilíada de Homero, Aquiles era um guerreiro feroz que era invulnerável a ferimentos graças à decisão de sua mãe de mergulhá-lo no rio Estige quando criança, segurando-o pelo calcanhar. Foi esse calcanhar que seria perfurado por uma flecha disparada pelo príncipe troiano, Paris, perto do fim da guerra de Troia, dando-nos o termo "calcanhar de Aquiles".

Mas para Robert Plant, vocalista do LED ZEPPELIN, a história ganhou uma nova ressonância quando o cantor teve uma experiência de quase morte enquanto viajava pela Grécia com a sua esposa.

As letras da música do LED ZEPPELIN, “Achilles Last Stand”, foi inspirada nas viagens de Robert Plant por Marrocos, Grécia e Espanha. Após a sua turnê pelos EUA, a banda viajou extensivamente para permanecer no exílio fiscal, então, em junho de 1975, Jimmy Page (guitarrista) e Robert Plant foram para o Marrocos, onde desenvolveram material para o próximo álbum do grupo.

A canção é fortemente influenciada pelas tradições musicais flamenca e marroquina, que Page absorveu durante a viagem e tentou replicar em sua forma de tocar guitarra. As letras também foram inspiradas em algumas das poesias que Plant estava lendo na época, que incluíam William Blake e John Milton.

No entanto, o título da música é na verdade uma referência irônica a outra viagem que Plant fez durante esse período de exílio.

O vocalista do LED ZEPPELIN estava viajando pela Grécia com a sua esposa quando, enquanto dirigia, perdeu o controle do seu carro e caiu num barranco. O acidente poderia facilmente ter matado os dois, mas surpreendentemente, Plant saiu do carro com nada mais do que um tornozelo quebrado. Durante esse período, a banda estava escrevendo as músicas para o álbum "Presence" (7º disco, 1976, foto).


E quando o grupo entrou no estúdio para gravar esse álbum, Plant ainda estava em uma cadeira de rodas.

Conforme relatado em uma das biografias da banda, a música "Achilles Last Stand" estava se encaixando muito bem nas sessões de estúdio. LED ZEPPELIN já havia gravado a bateria de John Bonham, assim como a linha de baixo pulsante de John Paul Jones e as misteriosas linhas de guitarra de Jimmy Page. Com isso, Plant ficou tão entusiasmado com o resultado que, quando chegou a hora de gravar as suas linhas vocais, ele ficou empolgado demais e conseguiu cair no chão, machucando o tornozelo novamente e tanto quanto havia sido no acidente de carro.

A banda decidiu nomear a canção como "Achilles Last Stand", como uma referência irônica à incapacidade física de Robert Plant.

Para os fãs do LED ZEPPELIN, essa música é considerada uma das melhores de sua discografia. Ela pinga com arranjos psicodélicos sobrenaturais que, com a ajuda da bateria furiosa de Bonham, assume uma energia motora intensa.

Jimmy Page estava especialmente orgulhoso dela, fazendo a gravação em overdub de sua guitarra em 07 partes separadas para dar à música a profundidade e cor que ele queria: “Todo o arranjo desta canção foi feito em uma noite somente”, disse Page. “Para ser honesto com você, os outros caras da banda não sabiam o que estava acontecendo, tipo: ‘Ele ficou louco? Ele sabe o que está fazendo?', mas no final, a imagem ficou clara para todos eles".

Como Page descreveu mais tarde, a música "Achilles Last Stand" passou a representar um momento de perfeição em um período de intensa ansiedade: “O fato desse disco ter sido gravado em 03 semanas, é tão bom pra mim”, disse Page. “Foi bom para todos, mesmo sendo um momento em nossas vidas de grande ansiedade, quero dizer: 'Robert vai conseguir andar de novo depois do seu acidente de carro na Grécia?' e todo esse tipo de coisa que envolve, sabe? E acho que o solo da guitarra na canção 'Achilles Last Stand' é na mesma tradição que o solo da música 'Stairway to Heaven'. Pra mim, está nesse mesmo nível”.


"Achilles Last Stand"


Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page