top of page
  • by Brunelson

Led Zeppelin: quais as músicas que eles nunca tocaram nos shows?


LED ZEPPELIN subiu como um balão para o topo do rock 'n' roll no final dos anos 60 e no decorrer da década de 70.

A sua abordagem em um blues mais pesado, alimentada pela bateria estrondosa de John Bonham, a precisão de um músico profissional de estúdio como sempre foi do baixista John Paul Jones e a guitarra arrebatadora de Jimmy Page, esculpiu algo sem precedentes ao sustentar os vocais poderosos e dinâmicos de Robert Plant.

Da perversidade icônica da música "Communication Breakdown" (1º disco, "Led Zeppelin", 1969) à caótica e crescente canção "Carouselambra" (8º disco, "In Through The Out Door, 1979), o LED ZEPPELIN amadureceu dentro e fora dos palcos, documentando a sua odisseia musical com 08 ótimos álbuns de estúdio, adquirindo a sua confiança instrumental provando a sua criatividade sem limites e se tornando compositores mestres na história do rock'n roll.

No verdadeiro espírito do hard rock, a banda nunca se esquivou da complexidade e se eles se aproximaram das margens da pretensão, que assim seja: onde estaria a arte sem pretensão?


Em 1971, o grupo lançou a épica música, "Stairway to Heaven" (4º disco, "Led Zeppelin IV"), uma das suas canções mais duradouras de seu catálogo e que deu o tom para as complexidades do seu material futuro.

E dentre várias músicas clássicas que o LED ZEPPELIN lançou em sua discografia e que eram figurinhas carimbadas nos shows, eles também possuem um lote de canções que nunca as apresentaram ao vivo.


Sendo assim e também como forma de homenagem, separamos uma lista que reúne as 19 músicas que o LED ZEPPELIN omitiu de todos os seus shows, seja por complexidade ou aversão. Lembrando que só foram selecionadas as canções lançadas em seus álbuns de estúdio e aquelas que ficaram de fora dos seus discos, mas incluídas em box de relançamentos.


Fica como destaque que todas as músicas do seu disco de estreia e do 4º álbum foram tocadas ao vivo. Em contrapartida, chama a atenção que as canções "In The Light" e "Fool in The Rain" nunca foram tocadas nos shows.


Esta seleção de músicas foi retirada somente dentre do período em que o LED ZEPPELIN foi uma banda ativa com os seus membros originais.

Confira a listagem que foi retirada das biografias da banda e de seus membros:

"Living Loving Maid" (2º disco, "Led Zeppelin II", 1969)


"La La" (ficou de fora do 2º disco, "Led Zeppelin II", 1969)


"Hats Off to Roy Harper" (3º disco, "Led Zeppelin III", 1970)


"Hey Hey What Can I Do" (ficou de fora do 3º disco, "Led Zeppelin III", 1970)


"D’yer Mak’er" (5º disco, "Houses of The Holy", 1973)


"The Rover" (6º disco, "Physical Graffiti", 1975)


"Houses of The Holy" (6º disco, "Physical Graffiti", 1975)


"In The Light" (6º disco, "Physical Graffiti", 1975)


"Down by The Seaside" (6º disco, "Physical Graffiti", 1975)


"Night Flight" (6º disco, "Physical Graffiti", 1975)


"Boogie With Stu" (6º disco, "Physical Graffiti", 1975)


"Royal Orleans" (7º disco, "Presence", 1976)


"Candy Store Rock" (7º disco, "Presence", 1976)


"Hots On For Nowhere" (7º disco, "Presence", 1976)


"Tea For One" (7º disco, "Presence", 1976)


"South Bound Saurez" (8º disco, "In Through The Out Door", 1979)


"Fool in The Rain" (8º disco, "In Through The Out Door", 1979)


"Carouselambra" (8º disco, "In Through The Out Door", 1979)


"I’m Gonna Crawl" (8º disco, "In Through The Out Door", 1979)






















Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page