top of page
  • by Brunelson

Led Zeppelin: qual a clássica música que levou 03 décadas para entrar nas paradas?


No final dos anos 60, o rock and roll estava apenas começando a surgir. Depois de anos se tornando um dos maiores movimentos do gênero no mundo graças ao trabalho feito pelos BEATLES, surgiria uma ramificação da cena no blues rock com alguns dos melhores artistas da cena musical, como Jimi Hendrix e FLEETWOOD MAC.

E embora o guitarrista Jimmy Page tivesse uma vida inteira de material incrível preparado para ele quando era membro do THE YARDBIRDS, ele tinha algo maior em mente ao formar o LED ZEPPELIN.

Depois de montar uma formação com Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham, o LED ZEPPELIN queria levar o blues para diferentes áreas, criando canções que se transformavam em jams que permitiam que a música os levassem para outro lugar como em "Dazed and Confused".

Apesar de ser uma das maiores bandas do planeta, LED ZEPPELIN nunca foi de lançar singles, com os seus primeiros esforços com a canção "Good Times Bad Times" (1º disco, "Led Zeppelin", 1969) atingindo posições somente no final da lista, mas nada disso importava uma vez que eles escolheram o álbum inteiro como o seu principal meio de divulgação.

Não mais limitados a um pacote de singles de 03 minutos, a maioria das melhores peças do LED ZEPPELIN existiam entranhadas em seus discos, contando uma história audível que levava os ouvintes a um passeio em vales e bosques. Embora os críticos possam ter despedaçado a banda por seu estilo não convencional de promoção, cada um dos seus álbuns foi muito bem aceito pelos fãs, chegando ao ponto de não dar um nome ao seu 4º disco lançado em 1971 (e nem de mostrar o nome da banda na capa), para que os fãs pudessem encontrá-lo por conta própria.


Depois de anos jogando de acordo com as suas próprias regras e sendo um gigante que caminhava sobre a terra, a magia do LED ZEPPELIN terminou repentinamente no início dos anos 80, quando o baterista John Bonham foi encontrado na casa de Page sem sinal de vida, tendo falecido afogado em seu próprio vômito depois de uma noite de bebedeira.

Mesmo o grupo encerrando as atividades logo naquele momento, os fãs, mídia e cultura popular, não iriam se esquecer do impacto do LED ZEPPELIN na história da música décadas depois.

Em 1997, LED ZEPPELIN marcou o seu "1º sucesso" no Reino Unido com o relançamento da música "Whole Lotta Love" (2º disco, "Led Zeppelin II", 1969). Sendo um grampo nos shows da banda, esta canção alcançou as massas assim que o LED ZEPPELIN lançou algumas de suas compilações da BBC Sessions, documentando o seu poder incomparável nos palcos.

Embora o fascínio do LED ZEPPELIN ainda estivesse vivo e passando muito bem, a banda nunca mais se reagruparia após o falecimento de Bonham para uma turnê de reunião ou lançamento de novos álbuns. Tendo conquistado o seu nicho como artista solo, o vocalista Robert Plant se contentou em deixar o passado para trás, fazendo apenas 01 show de reunião em 2007 na Inglaterra com todos os membros sobreviventes e o filho de Bonham na bateria, Jason Bonham. Antes disso, somente algumas parcerias entre Plant e Page ocorreram em épocas distintas.

Apesar de parecer impossível para uma banda como o LED ZEPPELIN ter o seu 1º grande sucesso registrado nas paradas tão longe da data de seu nascimento, o sucesso em rankings nunca foi o que eles buscaram. Era tudo sobre os seus discos e eles não queriam peneirar o seu material em apenas um punhado de músicas para serem conhecidos.


"Whole Lotta Love"
























ความคิดเห็น


Mais Recentes
Destaques
bottom of page