top of page
  • by Brunelson

Led Zeppelin: qual a música que John Bonham não gostava de tocar?


Com o passar dos anos com o LED ZEPPELIN e os gostos artísticos dos quatro membros da banda se espalhando em direções diferentes, é normal que qualquer grupo de rock discorde de vez em quando com as suas opiniões internas e uma música em particular não conseguiu receber a aprovação do seu baterista, John Bonham.


Com o seu sucesso avassalador, o grupo tinha que seguir em frente com músicas que nem todos os membros estavam necessariamente a bordo, especialmente quando eles começaram a abrir asas e saírem de sua zona de conforto.


Enquanto o seu som expansivo era uma parte fundamental do charme do LED ZEPPELIN, Bonham não estava feliz em experimentar se isso significasse que ele tinha que diminuir o seu estilo e evitar ser a potência que os fãs passaram a amar.

Poucas canções do LED ZEPPELIN de seu repertório espetacular dividiram opiniões entre eles, da mesma forma que a música "D'yer Maker" lançada no álbum "Houses of The Holy" gerou ao grupo (5º disco, 1973). O título desta canção é um trocadilho com o reagge da Jamaica (uma velha piada cultural) e a música como um todo não iria agradar o melhor baterista de rock que já existiu.

“John Bonham estava interessado em tudo, exceto jazz e reggae”, explicou o baixista John Paul Jones na biografia de Chris Welch, "John Bonham: A Thunder of Drums". O baixista continuou: “Ele não chegava a odiar o jazz, mas ele odiava tocar reggae, porque achava muito chato”.

Jones ainda falou ao escritor que "Bonham odiava a música 'D'yer Maker'". Jones continuou: “Estaria tudo bem se ele tivesse realmente interpretado o seu papel, mas ele não o faria e ficou terrível”.

Bonham não estava sozinho em ter ressalvas sobre esta canção e Jones também compartilhou a sua perspectiva de forma sarcástica: “O ponto principal do reggae é que a bateria e o baixo realmente precisam ser muito rigorosos sobre o que estão tocando, certo?”

Para sacramentar, LED ZEPPELIN nunca tocou essa música nos shows, o que fornece uma inclinação que até mesmo o guitarrista Jimmy Page e o vocalista Robert Plant não fizeram muita questão em apresenta-la ao vivo.


Mesmo assim, Bonham está mais do que concentrado criando a sua linha de bateria nessa música, toda cheia, gorda e pronta para ir.


Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page