top of page
  • by Brunelson

Led Zeppelin: de qual banda eles pegaram o groove da bateria para a canção "Good Times Bad Times"?


Alguns fãs de rock acreditam que o hard rock não começou até que o LED ZEPPELIN entrou em cena.

É uma afirmação duvidosa, embora bandas e artistas como o ROLLING STONES, DEEP PURPLE e Jimi Hendrix já estavam experimentado algum material em suas canções, mas seria o LED ZEPPELIN que pegaria os tropos do blues e os transformariam em algo muito mais perigoso e pesado.

E no meio disso tudo, LED ZEPPELIN ainda seria acusado de roubar as músicas dos outros.








Quando os fãs escutam a canção "Good Times Bad Times" do LED ZEPPELIN, o ritmo implacável do baterista John Bonham dá o pontapé inicial, dando lugar a acordes poderosos e suaves, e para alguns dos lamentos característicos do vocalista Robert Plant. Embora Bonham não precisasse "roubar" ninguém para dar vida a uma canção, o seu trabalho nessa música veio de uma fonte improvável.

Mais ou menos na mesma época em que o LED ZEPPELIN apareceu, a banda VANILLA FUDGE entrou em cena com uma inclinação ligeiramente semelhante. Vindo dos EUA, VANILLA FUDGE estava procurando interpretar as músicas de outras bandas e colocar grandes arranjos em torno delas, assim como o que o guitarrista do LED ZEPELLIN, Jimmy Page, havia feito com o THE YARDBIRDS alguns anos antes.


E no fundo do palco do VANILLA FUDGE estava o baterista Carmine Appice, cujo estilo de bateria chamaria a atenção de Bonham.

Um dos sons característicos de Appice era uma batida de "trigêmeos" que ele tocava no bumbo e na mão direita, que é ouvida na versão do VANILLA FUDGE para o cover dos BEATLES, a música "Ticket to Ride".


No começo da canção "Good Times Bad Times", antes do groove começar, Bonham toca a mesma bateria, só que ele está tocando o ritmo todo com o pé, em vez de alternar entre os braços e as pernas. Embora as raízes possam ter variado ligeiramente na versão do LED ZEPPELIN, Bonham toca a figura principal da bateria de forma direta o suficiente para reconhecê-la de Appice.

É verdade que não demorou muito para que a levada da bateria fosse registrada por Bonham, tornando-se uma das maiores canções do disco homônimo de estreia do LED ZEPPELIN em 1969. Quando questionado sobre Bonham copiá-lo, no entanto, Appice não teve muita opinião sobre isso e nem mesmo pensando que estava sendo plagiado.

Ao ser entrevistado para o livro, "Beast: John Bonham and The Rise of Led Zeppelin", Appice lembrou de ter sido apresentado a Bonham e de ouvi-lo confessar que "roubou" a sua levada da bateria, dizendo: “Quando ouvi pela 1ª vez John Bonham fazer aquele trio no bumbo da bateria, fui até ele num outro dia e disse: 'John, isso é incrível. Tenho que admitir que tirei isso de você'. Ele olhou pra mim e falou: 'Do que você está falando? Eu tirei isso de você!' Eu respondi: 'Eu não faço isso na bateria e você não poderia ter tirado isso de mim'. Ele começou a me dizer onde eu realmente fiz isso no 1º disco do VANILLA FUDGE e ele estava certo. Eu só fiz isso por um momento naquele álbum e ele pegou e fez algo maior e melhor com aquilo. A nossa banda costumava se sentar ao lado do palco para assistir aos shows do LED ZEPPELIN e ficávamos juntos nos camarins e construímos um ótimo relacionamento com eles". Esta estaria longe de ser a última vez que o LED ZEPPELIN seria acusado de plágio, de Page sendo criticado por roubar a banda SPIRIT para a figura da guitarra na música "Stairway to Heaven" e Bonham puxando a bateria de Little Richard da canção "Keep a Knocking" para a introdução da música "Rock and Roll". Porém, VANILLA FUDGE pode ter chegado primeiro, mas ninguém mais poderia competir com John Bonham, o maior de todos os tempos, depois que ele pegou esse groove para si.


"Good Times Bad Times"























Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page