top of page
  • by Brunelson

Jimi Hendrix: a música que foi gravada como uma demo e lançada como single


Os tons delicados da canção "The Wind Cries Mary" eram um lado diferente de Jimi Hendrix.

O guitarrista americano invadiu Londres no auge dos anos 60 com uma combinação de carisma, talento e alto volume. Sua habilidade instrumental foi revolucionária, ultrapassando os limites do feedback, distorção, microfonia e do rock and roll atrevido.


Mas como adiantamos acima, esse não foi o único estilo que Hendrix conseguia tocar.

A música "The Wind Cries Mary" (1º disco, "Are You Experienced", 1967) é uma balada delicada com uma das combinações de psicodelia e maturidade de maior sucesso que Hendrix já conjurou. Hendrix afirmou que a letra da música não era sobre uma pessoa específica, mas sobre 02 Marys notáveis na sua vida que foram a principal inspiração para a canção: a sua namorada americana, Mary Washington, e depois a sua namorada inglesa, Kathy Mary Etchingham.

Os versos: “Somewhere a queen is weeping / Somewhere a king has no wife”, foram escritos por Hendrix quando ele ainda morava em Seattle. Depois de se mudar para a Inglaterra, Hendrix e Etchingham brigaram por causa do estado do seu purê de batata. De acordo com Etchingham, a briga por comida deixou panelas e frigideiras espalhadas pelo apartamento de Hendrix e logo depois, Hendrix terminou de escrever a música “The Wind Cries Mary”.

“Tivemos uma briga por causa de comida, pois Jimi não gostava de purê de batata fora da consistência que ele estava acostumado a comer”, disse Ethcingham à Q Magazine em 2013. “Alguns pratos foram jogados no chão e eu fui embora do apartamento. Quando voltei no dia seguinte, ele havia escrito esta canção sobre mim, o que achei incrivelmente lisonjeiro”.

Durante as mesmas sessões de gravação para as músicas "Fire" e "Purple Haze" (ambas também do 1º disco), Hendrix mostrou ao baterista Mitch Mitchell, ao baixista Noel Redding e ao seu produtor/empresário inicial, Chas Chandler, a estrutura básica da canção "The Wind Cries Mary". Eles optaram por gravar uma versão demo com o pouco tempo disponível que eles ainda tinham no estúdio, e mesmo assim, foi exatamente essa gravação demo que acabou sendo mantida como a gravação final para ser incluída no álbum.

“Essa música foi gravada no final da sessão da canção ‘Fire’. Tínhamos apenas cerca de 20 minutos restantes no estúdio e sugeri que gravássemos uma demo da música ‘The Wind Cries Mary’”, lembrou Chas Chandler no livro "Ultimate Hendrix". Ele continuou: “Mitch Mitchell e Noel Redding não tinham escutado ainda esta canção, então, eles gravaram essa versão sem ensaio nenhum. Eles tocaram apenas 01 vez e depois Hendrix sugeriu que colocássemos os overdubs. Ao todo, ele fez mais 04 ou 05 overdubs, mas tudo foi feito em apenas 20 minutos, o que acabou se tornando o 3º single do disco”.

A música "The Wind Cries Mary" foi lançada como single no Reino Unido, alcançando a posição nº 06 e igualando a posição da canção "Hey Joe" nas paradas, mas ambas não superaram a posição que a música "Purple Haze" tinha alcançado, que foi o 3º lugar.


"The Wind Cries Mary"




























Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page