top of page
  • by Brunelson

Jimi Hendrix: quem é Izabella que ganhou uma música em seu nome?


Jimi Hendrix raramente ficava sem uma guitarra em volta dele, mais parecendo ter nascido com uma em suas mãos.

Na verdade, ele poderia ter tirado uma melodia até de uma raquete de tênis, quanto mais de uma guitarra Fender Stratocaster, então, ele sempre foi bastante despreocupado sobre qual guitarra tocar.

Entre as muitas guitarras que ele destruiu, incendiou ou jogou no esquecimento sônico, havia uma bela "espécie" que apareceu na sua vida e roubou seu coração, a qual ele jurou nunca machuca-la de forma alguma. Ele apenas se curvou diante de sua majestade e tocou canções em homenagem, ocasionalmente com os dentes.


Ele nomeou essa Stratocaster em particular de Izabella.

É essa Fender Stratocaster branca de 1968 da foto acima com a qual ele provavelmente é mais lembrado no decorrer da história. Afinal, todo pioneiro sempre tem um momento que se entrelaça na iconografia da cultura popular e se encontra preso ao inconsciente coletivo da sociedade.


Para Hendrix, essa imagem é também de sua exibição icônica no Woodstock Festival em 1969 e por um bom motivo.

“Jimi Hendrix tocando o hino nacional americano, ‘Star Spangled Banner’, no Woodstock Festival, foi um momento cultural ouvido em todo o mundo”, comentou Mike Lewis, um dos porta-vozes da Fender. “Representa um momento na história que será para sempre tecido em nossa composição cultural”.

Assim como diz o icônico documentário de Woodstock, “com um público de meio milhão de pessoas escandalosamente amigáveis”, Hendrix parecia cristalizar o movimento da contracultura naquele momento.

E sendo assim, o que dizer desta sua própria guitarra que fez história e por que ele a escolheu em detrimento de qualquer outra?

Essa guitarra, afinal, era uma edição padrão de 1968 que Hendrix comprou na loja Manny's Music em New York. Mais do que os aspectos técnicos, a futura Izabella simplesmente lhe cativava na aparência. Como qualquer guitarrista lhe dirá, algumas guitarras parecem certas para cada um e para Hendrix, essa guitarra parecia certa e ótima quando ele a virou de ponta-cabeça e a manteve nas alturas com o seu grito diante das massas.

Acontece que a icônica guitarra Izabella também foi a última com que Hendrix tocou nos palcos.

Em uma ode apropriada para a guitarra que sacudiu as vigas das nuvens sobre Woodstock, Hendrix a nomeou e também a imortalizou nessa apresentação e outras, sendo que hoje ela repousa docilmente no museu de Seattle para quem quiser ver.


Escute a performance de Jimi Hendrix no Woodstock Festival tocando com a sua guitarra Izabella a música "Izabella", esta que não foi lançada em nenhum álbum de estúdio de Hendrix enquanto vivo.


Mas antes, a sua apresentação do hino nacional americano no Woodstock com a guitarra Izabella:











Comentários


Mais Recentes
Destaques
bottom of page