top of page
  • by Brunelson

David Gilmour: qual o seu disco preferido de Jimi Hendrix?


Elevando seu status dentro do PINK FLOYD e inicialmente substituindo Syd Barrett (vocalista/guitarrista original), onde mais tarde tornou-se um membro permanente e um dos principais compositores do grupo, David Gilmour solidificou verdadeiramente bem a sua posição como uma figura icônica na banda e na história do rock. 


Apesar de seu comportamento despretensioso, as excepcionais habilidades de guitarra de Gilmour o estabeleceram como um virtuoso do instrumento, enquanto seu estilo luminoso de composição adicionou profundidade ao seu apelo geral. Essa delicada dualidade é evidente não só na sua música, mas também nas suas fontes de inspiração.


Como um guitarrista talentoso, não é de admirar que Gilmour, como muitos outros, tenha em alta consideração as obras de Jimi Hendrix.


Uma vez ele apontou especificamente o magnífico 3º álbum de estúdio de Hendrix, "Electric Ladyland" (1968), como uma fonte significativa de inspiração. Notavelmente, Gilmour também ganhou fama por mixar a lendária performance de Hendrix no Isle of Wight Festival em 1970 e mais tarde rotularia inequivocamente Jimi Hendrix como o guitarrista mais proeminente de todos os tempos.



Falando à rádio britânica da BBC em 2006, Gilmour explicou: “Jimi Hendrix era fantástico. Fui a um clube em South Kensington em 1966, quando vi um garoto subindo ao palco e ele começou a tocar guitarra com o braço da guitarra invertido (de cabeça pra baixo). Eu e todo o lugar ficamos de queixo caído vendo a sua performance”.


Porém, ao tentar localizar as suas obras depois daquela apresentação, Gilmour enfrentou alguma dificuldade, pois Jimi Hendrix ainda não tinha nada lançado no mercado.


Ele concluiu: “Fui no dia seguinte às lojas de discos e perguntei: ‘Vocês tem alguma coisa desse cara, Jimi Hendrix?' Então, eles me disseram: ‘Bom, temos um disco de um tal de James Hendrix’. Quero dizer, ele ainda não tinha feito nada, então, me tornei um fã ávido esperando pelo seu 1º lançamento”.




"House Burning Down" (Disco: "Electric Ladyland")





























Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page