• by Brunelson

Jimi Hendrix: em 1967, qual foi a opinião de Paul McCartney sobre a canção "Purple Haze"?


Resolvemos mergulhar fundo em nossos arquivos e relembrar 02 das lendas musicais que definiram os anos 60, enquanto Paul McCartney se transformava em crítico musical e resenhava a clássica música de Jimi Hendrix, "Purple Haze" (1º disco, "Are You Experienced", 1967).


* Jimi Hendrix: gravação da música "Purple Haze" foi numa guitarra Fender Telecaster

Durante a primavera de 1967, os BEATLES davam os retoques finais em um dos discos mais icônicos de todos os tempos, "Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band" (8º disco, 1967), e foi um álbum que viu Paul McCartney assumir a liderança criativa em um projeto abrangente. Ainda assim, McCartney encontrou tempo para avaliar um dos singles de maior destaque daquele ano.

Em fevereiro de 1967, McCartney recebeu uma prévia do novo single de Jimi Hendrix, "Purple Haze", que seria lançado somente em março, enquanto ele participava de um artigo de resenhas da Blind Date, a qual pedia a estrelas famosas para avaliarem o trabalho uns dos outros - há também uma bela resenha contundente de David Bowie sobre o vocalista original do PINK FLOYD, Syd Barrett.

Em alguns aspectos, Paul McCartney e Jimi Hendrix parecem residir em extremos diferentes do espectro musical, mas eles estavam completamente alinhados com um novo som envolvente na época. Um fato que encorajaria Jimi Hendrix a oferecer a McCartney um papel em seu supergrupo que queria formar com Miles Davis, algo que o beatle infelizmente recusou.

Quando a notícia foi dada que Paul McCartney faria uma resenha sobre a canção "Purple Haze" de Jimi Hendrix, esta recusa de participar da banda de Hendrix só causou agitação nos bastidores.

Porém, começando a sua resenha McCartney logo de cara não quis deixar dúvidas e não se conteve ao elogiar o violento guitarrista, ao ser perguntado quem era o melhor guitarrista na sua opinião: "Deve ser Jimi Hendrix. Jimi enlouquece e soa muito melhor por causa disso! Você sabe, ele está estourando em todo lugar".

Referindo-se à agitação de Hendrix nos palcos com a sua atuação e trajes extravagantes, McCartney continuou: "Ele está quebrando tudo por toda parte e você não pode pará-lo".

Paul McCartney, claramente apaixonado pelo toque psicodélico que Jimi Hendrix colocou nos anos 60 com novos hinos que criou, demonstrou o seu apreço ao single de "Purple Haze" que ainda seria lançado: “Eu realmente não sei se é tão comercial quanto os singles de ‘Hey Joe’ ou ‘Stone Free’. Aposto que sim e provavelmente será. Hendrix é um ás absoluto na guitarra e este é um single incrível do grande Jimi Hendrix!”

Quando Hendrix estreou na cena britânica, ele surpreendeu a todos nos círculos do rock'n roll que se formaram em torno de Londres e embora muitos tenham afirmado isso, Hendrix pode ser considerado autenticamente um artista que por causa da música mudou de vida quase da noite para o dia.


As suas reflexões psicodélicas podem até ter influenciado Paul McCartney durante a realização de sua obra-prima com o álbum "Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band", mas é justo dizer que Jimi Hendrix também foi influenciado pelos BEATLES.

Na verdade, Hendrix pode ter sido o primeiro artista a fazer um cover das músicas deste álbum dos BEATLES: “Eu me lembro dele abrindo um show nosso no clube Saville, Londres, em uma noite de domingo no dia 04 de junho de 1967”, McCartney compartilhou mais tarde.

Ele concluiu: “As cortinas se abriram, Jimi Hendrix começou a tocar e ele veio andando para frente do palco apresentando a música 'Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band', sendo que o disco só tinha sido lançado na quinta-feira daquela semana, então, foi o melhor elogio que poderíamos receber”.


"Purple Haze"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques