• by Brunelson

David Gilmour: quem são os seus guitarristas preferidos?


“Eu copiei. Não tenha medo de copiar e eventualmente apareceu algo que suponho que chamaria de meu” - David Gilmour.

Quando o enigmático guitarrista do PINK FLOYD, David Gilmour, foi eleito o maior guitarrista da Fender de todos os tempos há alguns anos atrás, derrotando Eric Clapton e Jimi Hendrix, ele respondeu com a sabedoria irônica de um astro do rock que já viu e fez de tudo antes: “O melhor guitarrista eleito pela Fender virá de novo e será Eric Clapton ou Jimi Hendrix ou outro alguém. Você não pode acreditar nessas coisas e por mais que eu adorasse acreditar que sou o melhor guitarrista da Fender de todos os tempos, isso não faz sentido”.

* Fender Stratocaster: Top 10 guitarristas que representam o modelo


Foi uma resposta interessante - para dizer o mínimo - e que descreve perfeitamente o caráter calmo e sereno do guitarrista/vocalista e compositor do PINK FLOYD.

Em primeiro lugar, porque mostrou uma estrela que não apenas esteve no centro das atenções durante a maior parte de sua vida, mas aparentemente deixou os holofotes refletirem naturalmente sobre ele como um sol refletindo numa piscina. E em segundo lugar, porque mostra o enorme respeito que ele possui por Eric Clapton e Jimi Hendrix, sem dúvida, duas das maiores influências na sua forma de tocar e duas estrelas que o ajudariam a iniciar o seu percurso.

Mas quem são os outros guitarristas que influenciaram David Gilmour a se tornar um dos guitarristas mais adorados dos tempos modernos?

Reunimos algumas de suas recentes entrevistas nas quais Gilmour reivindicou alguns dos seus guitarristas favoritos para criar uma lista de reprodução perfeita.

“Quando você começa, você copia”, Gilmour disse à revista Uncut sobre os seus dias iniciais de sua própria carreira, confirmando que, embora o seu som seja único, as suas influências são profundas. “Tentar ser muito original quando você é muito jovem, possivelmente não é a melhor coisa, mas aprendi copiando Pete Seeger, Lead Belly, Jeff Beck, Eric Clapton, Jimi Hendrix, sabe? Todo tipo de gente”.

Vamos começar com os dois primeiros nomes nas listas da maioria das pessoas: Eric Clapton e Jimi Hendrix.


Simplesmente não há dúvida de que, quando Gilmour se juntou ao PINK FLOYD em 1968 - substituindo logo depois o vocalista/guitarrista original da banda, Syd Barrett - ele e tantos outros havia sido fortemente influenciado por essa dupla de guitarristas.

Quando Hendrix se juntou a Clapton para uma jam session no Regent St. Polytechnic em Londres, a cena se iluminou e os dois ícones da guitarra blues foram firmemente ungidos. A influência de Clapton em Gilmour pode ser rastreada até o seu trabalho com a banda CREAM, mas depois dessa performance, foi Hendrix quem explodiu na cena de Londres com uma paixão e intensidade ardentes.

É difícil remover deliberadamente artistas como Eric Clapton e Jimi Hendrix de sua influência em todo o mundo da música, certo? Sugerir que eles não fazem parte dos degraus fundamentais de Gilmour para a sua própria grandeza é uma forma equivocada de se analisar.

E outra influência abrangente semelhante em David Gilmour deve ser o próprio maestro da guitarra: Chuck Berry.

Indiscutivelmente o avô do rock 'n' roll, a influência de Chuck Berry pode ser ouvida em todos os contemporâneos de David Gilmour e considerando a sua adoração pelo rock primitivo, é difícil ver Gilmour não chamando Berry de favorito.

Outro nome do passado frequentemente incluído na lista de favoritos de Gilmour é Hank Marvin da banda THE SHADOWS. Outro membro da lista de "músicos fundamentais", Marvin particularmente ressoava com o público britânico através de sua banda, que eram tão grandes quanto os BEATLES em muitas partes da Inglaterra.

“Eu realmente gostaria de estar nos BEATLES”, Gilmour compartilhou uma vez em entrevista para a revista Mojo. “Eles me ensinaram a tocar violão e aprendi tudo com eles. As partes do baixo, guitarra solo e rítmica, tudo... Eles foram fantásticos”. É outro caso para entrar na lista de Gilmour: o incrível talento de George Harrison. Embora nem sempre seja considerado um dos maiores guitarristas na história, a contribuição de Harrison para os BEATLES com certeza influenciou David Gilmour.

Gilmour nunca teve medo de mostrar a sua admiração pelos BEATLES e você pode ter certeza de que foi o jeito idiossincrático de Harrison que cativou Gilmour inicialmente e começou o seu caso de amor com a guitarra.

Outro guitarrista absolutamente único é o fantástico Jeff Beck. THE YARDBIRDS era uma das bandas mais badaladas na época, enquanto Gilmour percorria a cena londrina. Não há dúvida de que Beck foi um dos principais líderes dessa cena e com o seu desempenho convincente, ele cativou uma geração e inclusive David Gilmour.

Gilmour sempre foi um homem caridoso e uma vez participou do maior leilão de guitarras de todos os tempos, doando a maior parte de sua coleção por uma boa causa. Como parte do grande leilão, ele recebeu uma série de perguntas, incluindo: “Quem inspirou você e como você conseguiu sair da sombra deles para soar tão original?” A resposta de Gilmour é simples e única que um verdadeiro artista pode dar: “Tantos músicos me inspiraram. Aprendi com Pete Seeger, Hank Marvin, Lead Belly, Joni Mitchell, John Fahey, Roy Buchanon, Jeff Beck, Eric Clapton e dezenas de outros. Eu copiei. Não tenha medo de copiar e eventualmente apareceu algo que suponho que chamaria de meu”.

Talvez a maior influência sobre David Gilmour tenha sido o homem que ele substituiria no PINK FLOYD, o talentoso e tristemente mal orientado, Syd Barrett. Os dois amigos tocavam juntos desde 1965, quando pegaram as suas guitarras e começaram a caminhar pela Europa procurando por comida. O estilo e a performance de Barrett foram diretrizes indubitáveis para Gilmour, mostrando-lhe como dominar com precisão a alavanca de sua guitarra e manipular as cordas de outra forma. Enquanto Gilmour foi inicialmente trazido para o PINK FLOYD para ajudar Barrett, essencialmente permitindo que ele se tornasse um escritor recluso enquanto Gilmour se apresentava, logo ficou claro que Barrett nunca iria se recuperar.

Independente quem seja o melhor ou não, o som da guitarra de David Gilmour é único e sugerir que ele se levantou sobre o estilo de outra pessoa é uma afronta à sua criatividade. No entanto, como qualquer bom músico, Gilmour sempre reconheceu aqueles ao seu redor que o inspiraram a se tornar um guitarrista melhor.

Confira os guitarristas preferidos de David Gilmour:

Eric Clapton Jimi Hendrix Jeff Beck Chuck Berry George Harrison Joni Mitchell Hank Marvin Pete Seeger John Fahey Roy Buchanan Lead Belly Syd Barrett

Mais Recentes
Destaques