top of page
  • by Brunelson

Foo Fighters: a canção que a gravação ficou tão boa que Dave Grohl teve um ataque de ansiedade


Dave Grohl é um dos nomes mais reverenciados da música alternativa.


Começando sendo baterista da banda punk hardcore chamada SCREAM, foi quando ele topou com Kurt Cobain e Krist Novoselic do NIRVANA em 1990 que a sua vida nunca mais seria a mesma.


Mas após a morte de Cobain em 1994, Grohl lutou para voltar à música, onde finalmente conseguiria botar em prática tudo o que ele vinha gravando sozinho em fitas demo caseiras, e assim, formaria o FOO FIGHTERS.

Quase 03 décadas depois, FOO FIGHTERS se expandiu e conquistou um novo lugar na história do rock. Entre inúmeros sucessos como as músicas "Everlong" e "The Pretender", o grupo tornou-se um dos mais conhecidos e queridos da música contemporânea.

Em 1995, FOO FIGHTERS lançaria o seu disco homônimo de estreia e um dos singles desse álbum, a música "I’ll Stick Around", apresentava a bateria nirvanesca sempre potente de Grohl e palavras cheias de intenção e propósito. E quando Grohl ouviu a gravação completa desta canção pela 1ª vez, ficou surpreso ao ver o quanto havia gostado.

Ele ficou tão surpreso que o levou a um ataque de ansiedade.


Assim como ele lembrou em entrevista para o livro "This is a Call: The Life and Times of Dave Grohl": “Na verdade eu tive um ataque de ansiedade porque finalmente percebi que isso que eu vinha gravando poderia ser bom”.


Tudo o que ele tinha gravado nos 06 anos anteriores escondido de todos, ele pensava que era “uma porcaria”, mas de repente, Grohl ficaria impressionado e feliz com sua própria produção musical gravada de forma profissional e que arrebataria uma legião de fãs pela frente.


"I’ll Stick Around"









































Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page