top of page
  • by Brunelson

Foo Fighters: quais as 02 músicas que compartilham uma conexão?


FOO FIGHTERS é uma banda que não escreve músicas exatamente em um universo compartilhado. Não há álbuns conceituais, configurações repetidas ou conexões importantes que liguem uma na outra, seja em músicas ou discos.


Dave Grohl pode ter temas semelhantes aos quais ele retorna, mas cada canção na discografia do FOO FIGHTERS é o lar de sua própria história.

Porém, em 02 casos específicos, Grohl não resistiu em dar um alô à sua cidade natal e mais especificamente ao seu bairro onde passou a infância e juventude. O nome do bairro se chama Arlandria, no Estado da Virgínia, a comunidade em que Grohl foi criado nos arredores da capital Washington.


Em sua adolescência, Grohl já estava em bandas de garagem e seu primeiro grupo de renome foi a banda punk hardcore, SCREAM, antes de finalmente partir para o lado oposto do mapa dos EUA em Seattle, assim que se juntou ao NIRVANA em 1990 para ser o novo baterista deles.

E por volta do final dos anos 90, já consagrado como frontman do FOO FIGHTERS, Grohl sentiu saudades de sua cidade natal. Tendo passado a década anterior em Seattle e Los Angeles, Grohl queria fugir das pressões da indústria da música e decidiu comprar uma casa a poucos quilômetros de sua cidade natal, montou um estúdio de gravação no porão e começou a gravar músicas para o 3º álbum de estúdio do FOO FIGHTERS, "There is Nothing Left to Lose" (1999).


Esse disco obteve os seus acenos nostálgicos, especificamente para a área de Seattle no período em que ele viveu os seus primeiros dias no NIRVANA - que seria a música "Aurora" - mas outra canção desse mesmo álbum concederia um alô ao antigo bairro de Dave Grohl.

Foi na música "Headwires", que conclui com Grohl entoando gentilmente que: "O sol está em Arlandria". Um reconhecimento amoroso dos dias otimistas de sua juventude, a canção "Headwires" não seria a última vez em que Grohl prestaria homenagem a sua cidade e bairro.

Levaria mais de 01 década, mas Grohl retornaria à citação na música que leva o mesmo nome do bairro, "Arlandria", lançada em um dos melhores álbuns na discografia do FOO FIGHTERS, "Wasting Light" (7º disco, 2011).


Nessa última, a canção se concentra em deixar o passado de lado e seguir em frente, com a palavra "Arlandria" atuando como o albatroz metafórico que paira sobre a cabeça de Grohl.

Mesmo quando ele canta: “Minha doce Virginia / Eu sou o mesmo que eu era em seus braços”, isso mais parece uma referência à sua mãe, Virginia Grohl, do que uma ode ao seu Estado natal. Mesmo que as letras da música "Arlandria" sejam aparentemente uma reviravolta em seu passado, Grohl nunca se esquivou de prestar homenagem ao seu antigo lar.


Confira o áudio de estúdio dessas 02 canções citadas nesta matéria:


"Headwires"


"Arlandria"


Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page