top of page
  • by Brunelson

Radiohead: qual a música que foi gravada ao contrário?


O lançamento de um novo álbum do RADIOHEAD foi um evento significativo durante as últimas décadas.

Mesmo que a banda tenha provado ser um dos grupos fundamentais no mundo do rock, a sua música tende a flutuar entre todos os gêneros existentes e em comparação como eles se sentem em um determinado momento.


E embora a banda possa ter tido sentimentos calorosos em relação a algumas canções na época dos álbuns "OK Computer" (3º disco, 1997) e "Kid A" (4º disco, 2000), isso não significava que essas músicas seriam o padrão uniforme para adotar.

Desde o início, o grupo tocava canções potenciais ao vivo e no estúdio, antes de finalmente decidirem por um novo arranjo que os deixassem satisfeitos. Para o álbum "In Rainbows" (7º disco, 2007), a música "Nude" saiu de uma demo que o RADIOHEAD havia começado durante as gravações para o álbum "OK Computer", enquanto a canção "True Love Waits" teve que aguardar 20 anos para finalmente conseguir um lançamento de estúdio no último álbum da banda, "A Moon Shaped Pool" (9º disco, 2016).

E ao trabalhar no álbum "Kid A" em 2000, o grupo tinha mais músicas do que era necessário para um disco. Traçando uma linha na areia entre o seu material antigo e seu projeto mais recente, o álbum ostenta uma forte ênfase em ritmos eletrônicos e com o vocalista Thom Yorke criando imagens ainda mais enigmáticas em canções como "Idioteque" e "The National Anthem".

Tendo músicas suficientes para mais um disco, eles resolveram lançar logo no ano seguinte o álbum "Amnesiac" (5º disco, 2001), com grande parte do grupo trazendo músicas que eles começaram nas sessões para o álbum "Kid A", mas que foram deixadas de lado na época. Embora a maioria das canções do disco "Amnesiac" possuem uma estrutura clara por trás delas, a música "Like Spinning Plates" surgiu de uma estranha experiência ao trabalhar com efeitos eletrônicos retroativos.

A banda já tinha começado a trabalhar em uma canção chamada "I Will", que mais tarde seria lançada somente no álbum "Hail to The Thief" (6º disco, 2003). Embora Yorke inicialmente quisesse descartar o que eles haviam trabalhado originalmente, ele percebeu que a melodia desta canção soava muito melhor quando tocada ao contrário.

Reaprendendo a música do zero, a música "Like Spinning Plates" foi a nova peça criada a partir da canção "I Will", com Yorke escrevendo novas letras baseadas na melodia invertida e na sequência de acordes. Embora existam algumas semelhanças sonoras entre o que acabou aparecendo no álbum "Hail to The Thief", a atmosfera arrepiante por trás dessa música é impossível de ignorar.

Por se tratar das mesmas sessões de gravação do disco "Kid A", o efeito inverso que o RADIOHEAD também colocou no álbum "Amnesiac" faz esta canção soar como se não tivesse uma fórmula de compasso, como se a música estivesse flutuando no ar sem nunca tocar ao chão.

A canção "Like Spinning Plates" é mais um pico dos projetos experimentais do RADIOHEAD, apenas lembrando que eles ainda podiam fazer um rock diferente de tudo, criando um turbilhão de texturas sonoras que sempre irá nos deixar flutuando pelo cosmos.





"Like Spinning Plates"




























Komentarai


Mais Recentes
Destaques
bottom of page