top of page
  • by Brunelson

Radiohead: "dificilmente era uma música de unidade compatível às rádios", sobre "Paranoid Android"


Desde o início de sua carreira, o RADIOHEAD subverteu a norma e operou totalmente por conta própria, com as suas decisões sempre guiadas por sentidos criativos, em vez de se preocupar com possíveis resultados comerciais.

Após o sucesso estratosférico com a música "Creep" lançada em seu disco de estreia em 1993, "Pablo Honey", e logo em seguida com o 2º álbum de estúdio, "The Bends" (1995) - que levaria o RADIOHEAD a ser classificado como uma grande banda em ascensão histórica - o grupo precisava fazer uma mudança drástica com o seu próximo disco, já que involuntariamente, eles estavam sendo jogados no mesmo pote das outras bandas britânicas da época.

Era crucial que o 1º single do seu vindouro álbum fosse uma declaração de intenção incomparável a qualquer coisa.

Corajosamente, o RADIOHEAD decidiu pela canção "Paranoid Android" como o single principal do álbum "OK Computer" (3º disco, 1997), mesmo sendo o oposto compatível para as rádios. Não é uma música que atraia as pessoas do público mainstream que ouvem rádio inofensivamente e querem uma canção para passar o tempo ou para não prestar atenção, mas a banda decidiu lança-la mesmo assim.


Em uma entrevista para a revista britânica Melody Maker em 1997, o baixista Colin Greenwood explicou como a sua gravadora, a Capitol Records, deu ao RADIOHEAD o seu total apoio.


Ele também disse que: "Dificilmente era uma música de unidade compatível às rádios ou o que as rádios esperavam, porque na verdade, parecia mais como uma caixa inovadora de ruído".

Enquanto que a rádio britânica da BBC estreou a canção no conhecido programa noturno chamado "The Evening Show", o RADIOHEAD não esperava que a maior estação de rádio da Grã-Bretanha apoiasse a sua música também durante as programações ao dia. A princípio, eles tiveram razão em manter esta suspeita, mas o público falou com os seus bolsos sendo desembolsados para comprar o novo disco do RADIOHEAD, levando-a ser apresentada regularmente nas rádios.

A certa altura e conforme estatísticas britânicas, a canção "Paranoid Android" estava sendo tocada somente na rádio da BBC no mínimo 12 vezes por dia, o que era motivo de orgulho para a banda e agradecidos pelos seus fãs.

Durante uma entrevista para a revista Mojo em 2001, o vocalista Thom Yorke falou: “Fiquei muito orgulhoso do fato de termos conseguido fazer as coisas passarem para o mainstream. Um dos momentos de maior orgulho pra mim foi conseguir fazer a música 'Paranoid Android' tocar na rádio da BBC. A reação que ela teve nas rádios foi simplesmente perversa e incrível".

Yorke acrescentou: “Numa certa altura, chegou ao ponto onde você não podia mais ficar ouvindo muito esta canção nas rádios, porque cada vez que ouvia, começava a ficar pensando em pessoas fazendo trabalhos intrincados em fábricas, trabalhando em tornos industriais e se machucando sem o devido equipamento de segurança".

Geralmente, o 1º single que uma banda lança para divulgar um novo álbum de estúdio que está por vir, destina-se a dar aos fãs e ao público em geral uma amostra de como será esse álbum na íntegra.

Com o lançamento da música "Paranoid Android", permitiu que o RADIOHEAD se libertasse das algemas dos seus 02 primeiros álbuns de estúdio - que seguem mais ou menos a mesma fórmula - ao abrir as portas para o disco "OK Computer". Mesmo que a música não obtivesse o reconhecimento da rádio da BBC, ainda assim teria sido um sucesso por inaugurar uma nova era ousada para a banda.



"Paranoid Android"


Comentarios


Mais Recentes
Destaques
bottom of page