top of page
  • by Brunelson

Nirvana: análise de quase todas as canções - "Downer"


“Eu só estava tentando ser o cara punk rock do BLACK FLAG”, disse uma vez Kurt Cobain sobre a vibração política na curta música "Downer".

“Eu não sabia do que estava falando”, complementou Cobain, com letras do tipo: “Pessimista enganador / Mestre hipócrita / Comunista conservador / Bastardo apocalíptico”.


Em 23 de janeiro de 1988, no Reciprocal Recording Studios, Seattle, de propriedade do produtor Jack Endino (patriarca de discos seminais do grunge dos anos 80 e 90), NIRVANA havia gravado a sua 1ª fita demo com Dale Crover na bateria - baterista desde sempre do MELVINS, que estava "quebrando o galho" para o NIRVANA por um tempo e foi o 2º baterista fixo a passar pela banda.


Algumas canções desta fita demo foram parar no álbum de estreia e que Jack Endino iria produzir do NIRVANA, "Bleach" (1989). Foram as músicas "Floyd The Barber", "Paper Cuts" e "Downer".


Já outras músicas desta mesma fita-cassete que ficaram de fora do álbum "Bleach", seriam lançadas posteriormente no disco "Incesticide". São elas: "Beeswax", "Downer" (novamente), "Mexican Seafood", "Hairspray Queen" e "Aero Zeppelin".


E outras canções que caíram no anonimato e que também foram gravadas nessa 1ª fita demo do NIRVANA, foram: "If You Must", "Pen Cap Chew" e "Spank Thru".


Só fico imaginando o NIRVANA se estivesse em atividade e a música "Downer" sendo tocada de vez em quando nos shows como um raro lado-b...


Confira as resenhas das outras músicas que o site rockinthehead já publicou:














































Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page