top of page
  • by Brunelson

Nirvana: análise de quase todas as canções - "If You Must"


Uma das coisas fascinantes sobre as primeiras gravações demo do NIRVANA é ouvir as ideias que Kurt Cobain iria revisitar mais tarde.


Na batida pesada dessa música que ficou de fora do álbum de estreia, "Bleach" (1989) - todas as canções da banda que começam somente com a bateria são ótimas - há alguns grunhidos vocais desbotados durante a sua passagem que Cobain reciclaria em canções, como por exemplo, lançadas no último álbum de estúdio do grupo.


Em 23 de janeiro de 1988, no Reciprocal Recording Studios, Seattle, de propriedade do produtor Jack Endino (patriarca de discos seminais do grunge dos anos 80 e 90), NIRVANA havia gravado a sua 1ª fita demo com Dale Crover na bateria - baterista desde sempre do MELVINS, que estava "quebrando o galho" para o NIRVANA por um tempo e foi o 2º baterista fixo a passar pela banda.


Algumas canções desta fita demo foram parar no álbum de estreia e que Jack Endino iria produzir do NIRVANA. Foram as músicas "Floyd The Barber", "Paper Cuts" e "Downer".


Já outras músicas desta mesma fita-cassete que ficaram de fora do álbum "Bleach", seriam lançadas posteriormente no disco "Incesticide" (3º trabalho de estúdio, 1992). São elas: "Beeswax", "Downer" (novamente), "Mexican Seafood", "Hairspray Queen" e "Aero Zeppelin".


E outras canções que caíram no anonimato e que também foram gravadas nessa 1ª fita demo do NIRVANA, foram: "If You Must", "Pen Cap Chew" e "Spank Thru".


"If You Must" já era uma música conhecida dos fãs assíduos do NIRVANA, daqueles que garimpavam fitas-cassete piratas em lojas de discos na cidade ou trocando fitas com os amigos no início dos anos 90, mas ela só ganharia o seu lançamento oficial no mega box de inéditas do NIRVANA em 2004, "With The Lights Out".


Confira as resenhas das outras músicas que o site rockinthehead já publicou:
































תגובות


Mais Recentes
Destaques
bottom of page