top of page
  • by Brunelson

The Who: a música da banda que o vocalista se recusa a tocar nos shows


THE WHO possui uma escolha quase ilimitada quando se trata de selecionar o material para os seus shows, mas há uma música em particular que o vocalista Roger Daltrey se recusa a cantar e a sua explicação faz todo o sentido.

Os últimos dias de vida do baterista Keith Moon não foram apenas difíceis para ele, mas também desafiadores para a sua família e amigos. O seu declínio de saúde mental afetou o seu relacionamento com os companheiros de banda e Daltrey se sentiu impotente, sendo que uma canção da banda lembra Daltrey dessa época e traz de volta algumas lembranças que ele prefere esquecer.

O último álbum que o THE WHO gravou antes do trágico falecimento de Moon em 1978 foi "Who Are You" (8º disco, 1978). Nesse álbum há 01 música chamada "Music Must Change", que Moon simplesmente não conseguia entende-la para tocar bateria. Apesar dos seus melhores esforços, eles foram forçados a recrutar um músico de estúdio para tocar bateria nesta canção (mesmo sendo tocada somente nas percussões), o que Daltrey lamentou profundamente com o passar do tempo.

Embora o grupo tenha inserido imediatamente essa música no setlist dos shows logo após o lançamento do disco, eles se abstiveram de tocar a canção “Music Must Change” desde um show no The Rainbow em Londres, ocorrido em 1981, sendo que Daltrey ainda está determinado a mantê-la acumulando poeira esquecida numa prateleira.

Em 2015, Daltrey foi entrevistado pelo radialista Howard Stern e se abriu sobre os sentimentos negativos que possui em relação a essa música: “Existe uma canção nossa e nunca mais quis apresenta-la nos shows. Há uma música no álbum 'Who Are You' chamada ‘Music Must Change’. Cada vez que tocávamos esta canção no estúdio quando estávamos gravando o disco, Keith Moon não conseguia tocar bateria de forma correta. Tentamos grava-la umas 03 ou 04 vezes, mas Keith não conseguia tocar naturalmente a bateria. Keith tocava uma ótima bateria no estilo Keith Moon de ser e era isso, mas não para essa música”, riu Daltrey.

Eles tentaram de tudo para ajudar Moon a aprender como tocar bateria nesta canção, incluindo um método extremamente pouco convencional em bandas de rock, mas que é muito usado em vários gêneros musicais, principalmente em música clássica.


Daltrey explicou: “Ele simplesmente não conseguia tocar bateria nesta canção, então, tivemos que colocar um metrônomo num volume bem alto em seu fone de ouvido para que ele pudesse acompanhar o ritmo de forma correta. De qualquer forma, Keith não está naquela gravação tocando bateria e logo depois de gravarmos esse álbum, ele morreu”.

Para Daltrey, essa música é um lembrete daquele momento doloroso próximo à morte de Keith Moon e ele também se arrepende de ter recrutado outro baterista, o que deve ter sido humilhante para Moon.

O vocalista do THE WHO finalizou dolorosamente: “Tocamos esta canção nos shows quando voltamos do luto com Kenny Jones como baterista, mas então, a deixamos cair no esquecimento já faz muito, muito tempo. Além disso, iríamos traze-la de volta aos shows em 2002, esta que foi a última turnê com o baixista John Entwistle. A ensaiamos, iríamos toca-la no próximo show, mas então, John morreu”.

Daltrey sente que há uma maldição ligada a música "Music Must Change" e pelo bem da saúde dele e do guitarrista Pete Townshend, o THE WHO nunca mais a tocou ao vivo.

No grande esquema das coisas, além de a considerarem um mau presságio, esta canção possui lembranças negativas e deve ser deixada de lado.


"Music Must Change"




























Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page