• by Brunelson

The Who: qual a música que contou com a participação de Jimmy Page do Led Zeppelin?


Em uma época em que o 1º single do THE WHO, "I Can't Explain" (essa música não foi lançada em nenhum álbum da banda), foi lançado em 1964, a banda havia acabado de mudar o seu nome de THE HIGH NUMBERS e estava de olho em um novo caminho criativo.

Apesar das alegações na época de que se assemelhava a música "All Day and All of The Night" do THE KINKS, o guitarrista do THE WHO, Pete Townshend, havia dito: “Não pode ser superado por uma cópia direta do THE KINKS. Há pouco a dizer sobre como escrevi essa música... Saiu da minha cabeça quando eu tinha uns 18 anos de idade”.


Em linhas semelhantes, THE KINKS também lançou a clássica canção "You Really Got Me" durante o verão de 1964 e quando o vocalista/guitarrista do THE KINKS, Dave Davies, ouviu a música "I Can't Explain", ele supostamente havia chamado o THE WHO de "insolentes".

Há outra conexão entre as 02 músicas, é que ambas compartilham o mesmo produtor, Shel Talmy. Isso não é necessariamente uma coincidência. Shel Talmy era muito conhecido por acentuar guitarras altas em seus discos.

Em uma entrevista para o site Songfacts, Talmy havia dito: “THE WHO, quando eu os ouvi pela 1ª vez, pensei: 'Essa é a melhor banda de rock n' roll que eu já ouvi da Inglaterra'”. Até o momento antes de lançarem o seu 1º single, THE WHO não tinha realmente nenhum material original para mostrar.


O vocalista Roger Daltrey, em entrevista à Q Magazine, explicou o porquê: “Nós já sabíamos que Pete Townshend poderia escrever músicas, mas nunca parecia uma necessidade naqueles dias ter as suas próprias coisas porque havia essa riqueza de música inexplorada que podíamos obter dos EUA, mas então, bandas como o THE KINKS começaram a fazer isso e eles provavelmente foram a maior influência para nós. Eles foram uma grande influência para Pete e ele compôs a música 'I Can't Explain', não como uma cópia direta, mas certamente muito derivada da música do THE KINKS".

A canção é uma vinheta melódica brilhante que captura a própria essência do que o rock 'n' roll significa para milhões de pessoas. Pete Townshend descreveu a música como sendo sobre um cara que “não pode dizer à namorada que a ama porque tomou muitos comprimidos de dexedrina”.


Dexedrina é uma droga anfetamina, o que explicaria a letra “dizzy in the head” na música. Na superfície, certamente parece que seria sobre amor - um conceito muito complicado e multifacetado na maioria das vezes.

Roger Daltrey, em conversa com a revista Uncut, descreveu dessa forma: “Bom, é aquela coisa (citando uma parte da letra da música): ‘Eu tenho um pressentimento, não posso explicar’. Isso é rock n’ roll e quanto mais tentamos explicar, mais rastejamos em nossas próprias bundas e desaparecemos! Fiquei muito orgulhoso deste single, tipo, isso éramos nós, sabe? Era uma música original de Pete e capturou aquela energia e testosterona que tínhamos naqueles dias”.

A música também mostra a capacidade de dinamite do baterista Keith Moon. Em geral, o THE WHO como um todo começaria a desenvolver a reputação de ser não apenas uma grande banda de rock and roll, mas uma que faz jus a essa reputação. Keith Moon, mais do que qualquer outro membro da banda, desenvolveria a reputação de um personagem selvagem, que carregava uma maleta contendo uma variedade de medicamentos (drogas) e também era conhecido por volta e meia explodir literalmente algum banheiro por aí. Por outro lado, Pete Townshend começaria a quebrar a sua guitarra nos shows, um truque de palco que começou quando ele acidentalmente quebrou o seu instrumento em um teto baixo de um clube.

Ao gravar a música "I Can't Explain", a banda foi ao estúdio e encontrou o produtor Shel Talmy sentado com Jimmy Page, guitarrista do LED ZEPPELIN. Como Talmy tinha uma propensão a aumentar as guitarras e tê-las como uma das principais características de uma música, ele queria ter certeza de que o solo de guitarra seria absolutamente preciso e caso Townshend não fosse capaz de entrega-lo, Page seria capaz de fazer o trabalho em seu lugar.

Refletindo sobre o momento, Page relembra desta sessão em particular em conversa com a revista Uncut: “Eu os tinha visto no clube Marquee e ser uma criança, na sala, bem ali no meio do som que Pete, John Entwistle (baixista) e Keith criaram, foi fenomenal. Na sessão de estúdio, o meu trabalho era tocar algo por trás do riff de Pete, onde ele gravou essa música tocando a sua guitarra Rickenbacker de 12 cordas. Para ser honesto, você mal consegue me ouvir na gravação, porque a sua forma de tocar guitarra era muito poderosa. Eu também toquei um pouco na música lado-b deste single, 'Bald Headed Woman'. Esta sessão realmente me impressionou assistindo uma banda de rock bem treinada".


"I Can't Explain"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques