• by Brunelson

Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 8


Fonte: Revista Rolling Stone


8) Banda: NIRVANA

Disco: "In Utero" (4º trabalho de estúdio, 1993)


O último álbum de estúdio do NIRVANA é um grito.

Não é um grito elegante e estilizado como o álbum multiplatinado e que mudou a história do rock, "Nevermind" (2º disco, 1991), mas o álbum "In Utero" é um uivo despretensioso de dor e frustração, o ato final de desafio para uma indústria fonográfica que, em primeiro lugar, nunca entendeu essa banda direito.

É um disco de ironia cáustica em letras como nas músicas "Serve The Servants" e “Radio Friendly Unit Shifter”, de raiva purificadora nas canções “Scentless Apprentice” e “Milk It”, e de nervos crus em músicas como “Pennyroyal Tea” e “Frances Farmer Will Have Her Revenge on Seattle”.

A raiva de Kurt Cobain às vezes mudava o verdadeiro rumo para os ouvintes do que ele realmente queria dizer, como na canção “Rape Me” - para Cobain, seria uma forma muito rudimentar para funcionar somente como uma declaração feminista - mas essa mesma intensidade autodestrutiva faz do álbum "In Utero" um documento essencial do grunge e o disco mais aguardado dos anos 90.

Antes de ser lançado em 1993, a mitologia do álbum já estava em vigor. Recuperando-se de sua inesperada elevação ao estrelato em 1991, NIRVANA contratou o produtor underground, Steve Albini, para ajudá-los a fazer um álbum tão seco e pouco comercial, que no começo a gravadora supostamente se recusou a lançá-lo.

"Claro, porque eles queriam um outro 'Nevermind', mas eu prefiro morrer do que fazer isso", disse Kurt Cobain na época para a revista Rolling Stone, o que gerou semanas de discussões públicas com a gravadora a qual o NIRVANA havia ajudado a enriquecer.

Mesmo assim, músicas como “Dumb”, “All Apologies”, “Pennyroyal Tea” e “Heart Shaped Box”, refinam e complicam os avanços comerciais do disco "In Utero" em vez de rejeitá-lo por atacado.

Cobain também diria à revista Rolling Stone que ele estava apenas fazendo uma piada sombria quando falou que gostaria de chamar o álbum de "I Hate Myself and I Want to Die" (e que a canção de mesmo nome iria abrir o disco, com ambas as ideias rejeitadas pela gravadora).

"Eu sou um cara muito mais feliz do que muita gente pensa que eu sou", Cobain insistiu. Dando sequência à história, ele falou sobre como gostaria de fazer um álbum “etéreo e acústico” ao sucessor que nunca veio do disco "In Utero".

O fim do NIRVANA foi uma das tragédias mais duradouras na história da música em geral, com o álbum "In Utero" sendo o seu testamento final em relação a novas músicas...


"Milk It"


Confira também:


50) MOTHER LOVE BONE, "Apple" (1º álbum, 1990)


49) TOADIES, "Rubberneck" (1º álbum, 1994)


48) FECAL MATTER, "Illiteracy Will Prevail" (fita demo, 1986)


47) THE U-MEN, "Step on a Bug" (1º álbum, 1988)


46) VERUCA SALT, "American Thighs" (1º álbum, 1994)


45) THE STOOGES, "Fun House" (2º álbum, 1970)


44) SKIN YARD, "Hallowed Ground" (2º álbum, 1988)


43) BLACK FLAG, "My War" (2º álbum, 1984)


42) ALICE IN CHAINS, "Jar of Flies" (4º trabalho de estúdio, 1994)


41) SOUNDGARDEN, "Screaming Life" (1º EP, 1987)


40) MUDHONEY, "Every Good Boy Deserves Fudge" (2º álbum, 1991)


39) THE GITS, "Enter The Conquering Chicken" (2º álbum, 1994)


38) THE FLUID, "Purplemetalflakemusic" (4º álbum, 1993)


37) L7, "Smell The Magic" (2º álbum, 1990)


36) NEIL YOUNG & CRAZY HORSE, "Ragged Glory" (18º álbum, 1990)


35) PAW, "Dragline" (1º álbum, 1993)


34) 7 YEAR BITCH, "Viva Zapata" (2º álbum, 1994)


33) BABES IN TOYLAND, "Fontanelle" (2º álbum, 1992)


32) SMASHING PUMPKINS, "Gish" (1º álbum, 1991)


31) TAD, "8-Way Santa" (2º álbum, 1991)


30) WIPERS, "Youth of America" (2º álbum, 1981)


29) GREEN RIVER, "Come on Down" (1º EP, 1985)


28) SOUNDGARDEN, "Louder Than Love" (2º álbum, 1989)


27) BABES IN TOYLAND, "Spanking Machine" (1º álbum, 1990)


26) SMASHING PUMPKINS, "Mellon Collie and The Infinite Sadness" (3º álbum, 1995)


25) MELVINS, "Bullhead" (3º álbum, 1991)


24) STONE TEMPLE PILOTS, "Purple" (2º álbum, 1994)


23) SOUNDGARDEN, "Ultramega OK" (1º álbum, 1988)


22) "Deep Six" (coletânea de 1986 com as bandas GREEN RIVER, MALFUNKSHUN, MELVINS, SKIN YARD, SOUNDGARDEN e THE U-MEN)


21) Jerry Cantrell, "Degradation Trip" (2º álbum, 2002)


20) GREEN RIVER, "Dry as a Bone" (2º EP, 1987)


19) "Trilha Sonora do Filme 'Singles - Vida de Solteiro'" (1992)


18) MAD SEASON, "Above" (1º álbum, 1995)


17) SCREAMING TREES, "Sweet Oblivion" (6º álbum, 1992)


16) MELVINS, "Houdini" (5º álbum, 1993)


15) L7, "Bricks Are Heavy" (3º álbum, 1992)


14) ALICE IN CHAINS, "Facelift" (1º álbum, 1990)


13) NIRVANA, "Bleach" (1º álbum, 1989)


12) SMASHING PUMPKINS, "Siamese Dream" (2º álbum, 1993)


11) STONE TEMPLE PILOTS, "Core" (1º álbum, 1992)


10) PEARL JAM, "Versus" (2º álbum, 1993)


9) SOUNDGARDEN, "Superunknown" (4º álbum, 1994)

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques