top of page
  • by Brunelson

Kurt Cobain: qual era a música e o seu álbum favorito do Metallica?


Kurt Cobain e o gênero do metal parecem estar em 02 lados separados do espectro musical.

Embora o som do NIRVANA possa ter compartilhado uma certa agressividade com a música metal, principalmente em seu disco de estreia, "Bleach" (1989), Cobain estava lutando contra a falsidade do que o metal havia se tornado, com a maior parte da cena do hard rock dos anos 60 e 70 sendo diluída para uma estética glam/hair metal de rock comercializada na década de 80.

Embora Cobain não fosse fã das bandas glam metal dos anos 80, ele tinha uma queda pelo lado underground do metal.

Enquanto muitas bandas estivessem crescendo em Seattle no final dos anos 80 para explodirem o grunge ao mainstream no começo dos anos 90, Cobain começou a trabalhar em canções inspiradas por alguns dos titãs do hard rock como AC/DC e LED ZEPPELIN.


Em toda a cena local, pessoas como Mark Arm (vocalista do GREEN RIVER e depois sendo o vocalista/guitarrista do MUDHONEY), falavam sobre o quanto apreciavam a idade da pedra do metal, dizendo uma vez ao site Metal Evolution: “Existem muitas bandas de hard rock antigas que são próximas e queridas em meu coração, como o BLACK SABBATH e LED ZEPPELIN, mas há uma certa conotação que vem com o metal que eu necessariamente não gosto".

A grosso modo, o grunge veio como algo espremido e sangrado entre o metal e o punk rock, e o NIRVANA foi uma daquelas bandas de Seattle que flertaram e se concentraram mais com o punk. Mesmo assim, Cobain era um fã declarado do METALLICA quando ele atingiu o sucesso.





Durante uma entrevista realizada anos depois, o guitarrista do METALLICA, Kirk Hammett, mencionou o quanto Cobain amava a sua banda, lembrando: "Quando nos encontrávamos nas turnês ou bastidores, ele costumava me dizer que o seu álbum favorito do METALLICA era 'Ride The Lightning' e que a música preferida da nossa banda era 'Whiplash'".

"Ride The Lightning" continua sendo um dos discos de metal mais puros já feitos. Existem mais do que algumas canções do METALLICA que abordam assuntos pesados na história da humanidade e a escolha de Cobain para o seu álbum favorito do METALLICA contém músicas que estão muito mais em sintonia com as letras do grunge, como a angústia interna que vem da adolescência na canção "Fade to Black".

Enquanto Cobain sempre expôs as suas tendências pesadas, uma influência principal em seu núcleo que nenhuma outra banda de Seattle tinha nos anos 80 - ou que pelo menos não admitiam em público - foi o seu amor duradouro aos BEATLES.


Durante a gravação do clássico álbum do NIRVANA e que seria um divisor de águas na história do rock, "Nevermind" (2º disco, 1991), o produtor desse álbum, Butch Vig, já disse em entrevista que Cobain não queria e era relutante em dobrar os seus vocais na gravação, e para convencer Cobain, o produtor disse que esse era o método de gravação preferido de John Lennon, o que acabaria convencendo o frontman do NIRVANA.

Combinando aqueles riffs enormes e inteligência melódica, o NIRVANA se tornou uma das maiores bandas do mundo nas costas das inspirações de Cobain, com legiões de fãs vestindo camisas de flanela e implorando para se divertir com algo diferente do rock manufaturado que vinha sendo com os grupos de hair metal.

Porém, a adulação que veio com o disco "Nevermind" tornou-se demais para Cobain suportar, respingando nas músicas e sonoridade gravada em seu último álbum, "In Utero" (4º trabalho de estúdio, 1993), e sua trágica morte em abril de 1994.

Falando sobre Cobain, o guitarrista do METALLICA se lembrou de como ele era um garoto tímido com um coração de ouro, concluindo: “Fizemos um show na capital Washington e Kurt estava lá nos assistindo ao lado do palco. Ele ficava toda hora acenando pra mim com os braços e quando finalmente fui pra perto dele ouvir o que ele tinha a dizer, Kurt apenas me disse: 'Vocês vão tocar 'Whiplash' hoje à noite?' E eu respondi que 'sim' e nós a tocamos depois, e Kurt estava simplesmente curtindo bastante tudo aquilo”.


"Whiplash" (1º disco, "Kill 'Em All", 1983)


"Fade to Black" (2º disco, "Ride The Lightning", 1984)




















Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page