top of page
  • by Brunelson

James Hetfield: quando escolheu as suas bandas punk rock preferidas


METALLICA dificilmente requer introduções, sendo os ícones pioneiros do thrash metal que invadiram a cena na década de 80 influenciando milhares de bandas de garagem, do underground e mainstream. 


E além do seu monumental sucesso comercial, o grupo está entre as bandas mais influentes de todos os tempos. A sua capacidade de navegar em vários territórios musicais permitiu-lhes alcançar um sucesso notável, demonstrando suas proezas em diferentes espectros da indústria musical.


Embora cada membro da banda possua seu status de lenda, o impacto do vocalista/guitarrista, James Hetfield, é inegável. Uma presença imponente com uma voz inconfundível, ele também se destaca como um dos melhores guitarristas rítmicos de todos os tempos, um feito que poucos músicos conseguem. Talvez, você poderia trocar qualquer membro do METALLICA e manter a essência da banda, mas remover Hetfield transformaria o grupo em algo totalmente diferente da forma que conhecemos.


Ao longo de sua extensa e bem-sucedida carreira, que abrange diversos domínios estilísticos, Hetfield reconheceu consistentemente os muitos músicos e gêneros que o influenciaram em sua abordagem para criação de paisagens sonoras icônicas do METALLICA.


E sendo assim, não é nenhuma surpresa que o punk rock seja algo que ele aprecie particularmente.


Ao se aprofundar em bandas específicas que chamaram sua atenção, uma vez Hetfield nomeou aquelas que ocupam um espaço reservado em seu coração. Uma delas foi o grupo THE MISFITS. O próprio METALLICA já prestou homenagem a essa banda no passado, fazendo covers de músicas como "Last Caress" e "Green Hell" na década de 80, e depois fazendo um cover da canção "Die Die My Darling" nos anos 90. Então, chegando na virada deste século, o vocalista do THE MISFITS, Glenn Danzig, juntou-se ao METALLICA em um show como convidado especial.


Além de fornecer inspiração incomparável no mundo do metal e do rock em geral, THE MISFITS também deu a Hetfield novas ideias sobre abordagens rítmicas, com o frontman do METALLICA dizendo em entrevista para o site Music Radar em 2009: “Meus deuses da guitarra rítmica são Tony Iommi (BLACK SABBATH), Rudolf Schenker (SCORPIONS) e Malcolm Young (AC/DC). São pessoas que apenas mantêm a calma enquanto tocam... THE MISFITS também é assim e até os RAMONES com sua simplicidade. Estão todos no controle, tipo, assista a algumas filmagens de Johnny Ramone tocando nos shows e você dirá: ‘Nossa!’”


Ao longo de sua carreira, Hetfield reiterou frequentemente a sua profunda admiração pelos RAMONES, enfatizando particularmente a influência significativa do estilo de guitarra de Johnny Ramone, que ele considera uma das suas principais inspirações. Johnny Ramone manteve uma presença constante dentro do grupo ao lado do vocalista Joey Ramone. Eles se destacaram como figuras centrais na criação e trajetória do punk rock, especialmente na definição de seu formato característico de músicas curtas e de ritmo rápido.


Em termos de notoriedade por excelência, outro grupo punk rock que Hetfield aprecia é o FEAR. Formado em Los Angeles em 1977, FEAR é creditado como uma força pioneira da cena punk hardcore da Califórnia que surgiria no final dos anos 70, perturbando o domínio predominante do pop rock que pairava as ondas de rádio. Lee Ving, o vocalista da banda, incorporou totalmente o espírito punk característico. Sua personalidade inflexível, agressiva e inabalável, conduziu a confusão que acompanhou as apresentações do FEAR em todos os locais que frequentavam.


Hetfield também divulgou uma vez no site oficial do METALLICA que o título de uma canção de sua banda, "Spit Out The Bone" (10º disco, "Hardwired to Self Destruct", 2016), foi inspirado no nome de uma música da banda punk rock, GBH, com ele dizendo: “Obrigado, GBH, para a linha lírica da nossa canção, ‘Spit Out The Bone’. Eu sei que a música deles eram um pouco diferente, mas novamente, é apenas a mesma admiração e o medo do que está acontecendo com o ser humano. Não me refiro a viagens no tempo, apenas as possibilidades de surgir um 'Exterminador', coisas assim, você sabe... Estamos usando micro televisões para ver tudo e as coisas estão cada vez mais perto de simplesmente estar dentro de nós”.


GBH é reconhecido como um grupo pioneiro nos primeiros dias do punk rock britânico, influenciando significativamente bandas do metal como EXODUS, MEGADETH, SLAYER e ANTHRAX, com Hetfield finalizando sobre sua comparação lírica com o GBH nesta canção: “Apaixonar-se e depois ficar com o coração partido? Isso não faz bem a ninguém. Você sabe, sentimentos e sangue estão no caminho para a eficiência. Poderíamos ser uma raça muito mais eficiente se permitíssemos apenas que os computadores nos ajudassem como ferramentas, então, a música ‘Spit Out The Bone’ significa que os seus ossos não são necessários. Eles quebram".


Confira as bandas punk rock preferidas de James Hetfield que ele citou nessa entrevista:


THE MISFITS

RAMONES

FEAR

DISCHARGE

GBH

CRO MAGS

ENGLISH DOGS
























Comentários


Mais Recentes
Destaques
bottom of page