• by Brunelson

Black Flag: Top 20 álbuns punk rock do vocalista Henry Rollins


Henry Rollins, mais conhecido por ser o líder da banda californiana de punk hardcore, BLACK FLAG, tem sido um forte defensor do gênero punk desde que obteve uma cópia do álbum homônimo de estreia dos RAMONES (1976), que o agarrou pela nuca e o lançou em direção a sua paixão na vida.

Rollins é inegavelmente um pilar do punk rock e sua palavra vai longe...


* Black Flag: vocalista relaciona os seus 10 álbuns favoritos


* Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 43

Antes, em 1980, depois de se tornar fã do BLACK FLAG, Rollins começou a trocar cartas com o baixista Chuck Dukowski e mais tarde decidiu convidar toda a banda para ficar na casa dos seus pais, enquanto faziam uma turnê pela costa leste dos EUA.


Na época, o vocalista/guitarrista do BLACK FLAG, Dez Cadena, estava ficando desesperado para deixar de ser cantor e se concentrar inteiramente no papel de guitarrista da banda, liberando assim a vaga para um vocalista.

A oportunidade finalmente se apresentou.

Depois de um teste de audição em New York, BLACK FLAG acabou pedindo a Rollins para se tornar no novo vocalista do grupo, depois que ele deixou o seu emprego numa sorveteria para fazer esse teste.


* Black Flag: vocalista Henry Rollins relembra como entrou na banda

Foi um momento de encruzilhada para Rollins, como ele explicou certa vez: "Olhei para a colher de sorvete em minha mão, para o meu avental salpicado de chocolate e o meu futuro no mundo do trabalho convencional ganhando um salário mínimo, ou eu poderia ir para New York e fazer um teste para esta banda maluca que é a minha favorita de todas".


Ele não se importou que a oportunidade poderia lhe fornecer uma situação de humilhação na frente da sua banda favorita e ídolos, porque: "Ah, cara... Eu estava acostumado com isso já".


“Peguei um trem para New York, entrei em um local de ensaio no bairro East Village, estou lá com a banda com um microfone na mão e eles me falaram: 'Escolha uma música para tocar'. E eu cantei todas as músicas que eles tinham. Eles passaram por todo o setlist duas vezes antes da banda se retirar para uma reunião. Eles voltaram 10 minutos depois e me disseram: 'Ok, você está dentro!'"


Rollins admitiria mais tarde: "Eu ganhei na loteria, cara".

A partir de então, ele nunca mais olhou para trás.

Totalmente imerso no gênero punk rock, o novo vocalista do BLACK FLAG tornou-se obcecado por música e nos anos posteriores, decidiu escrever sobre a música como colunista da revista Rolling Stone e do jornal de Los Angeles, LA Weekly. Ele foi corretamente citado como um dos membros mais influentes da cena punk.

Em um de seus artigos mencionados para o jornal LA Weekly, Rollins reuniu o que ele acredita ser uma lista abrangente dos melhores álbuns punk rock já feitos: “Essa lista não está em uma ordem específica”, disse Rollins ao ler seu artigo. “Listas como essas costumam ser confusas porque imploram pela pergunta: o que é punk?”

Ele acrescentou: “Será que a banda WIRE também pode ser considerado punk? Onde você coloca bandas como PIL, JOY DIVISION, TELEVISION, Patti Smith, SUICIDE e KILLING JOKE? E sobre grupos como GANG OF FOUR, 999 e THE BANSHEES?”

Respondendo parcialmente às suas próprias perguntas, Rollins continuou: “Pra mim, como uma definição enxuta, eu escolho a classe de graduação clássica do Reino Unido de 1977, como SEX PISTOLS, THE CLASH e etc".


* Black Flag: a influência do The Stooges para o vocalista Henry Rollins

Rollins seleciona alguns dos melhores álbuns do gênero, acenando para bandas como THE CLASH, GENERATION X, WIRE, BUZZCOCKS, X RAY SPEX e muito mais.

“Tantas bandas ótimas e ótimos discos neste gênero e nos gêneros que o cercavam e seus resultantes. A melhor aposta é apenas fazer com que a música continue tocando o maior tempo possível”.

Veja a lista completa dos 20 melhores álbuns de todos os tempos de punk rock do vocalista do BLACK FLAG, Henry Rollins:

THE CLASH - "The Clash" (1977)

GENERATION X – "Generation X" (1977)

THE ADVERTS – "Crossing The Red Sea" (1978)

X RAY SPEX – "Germ Free Adolescents" (1978)

SEX PISTOLS – "Never Mind The Bollocks" (1977)

RAMONES – "Ramones" (1976)

EATER – "The Album" (1977)

THE DAMNED – "Damned Damned Damned" (1977)

THE FALL – "Hex Enduction Hour" (1982)

BUZZCOCKS – "Another Music in a Different Kitchen" (1978)

THE SAINTS – "(I’m) Stranded" (1977)

UK SUBS – "Another Kind of Blues" (1979)

WIRE – "Pink Flag" (1977)

THE LURKERS – "Fulham Fallout" (1978)

ALTERNATIVE TV – "The Image Has Cracked" (1978)

THE RUTS – "The Crack" (1979)

THE GERMS – "GI" (1979)

X – "Los Angeles" (1980)

MINUTEMEN – "The Punchline" (1981)

STIFF LITTLE FINGERS – "Inflammable Material" (1979)

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead