top of page
  • by Brunelson

Them Crooked Vultures: "o trabalho de Dave é reunir a banda, o meu é de escrever coisas cruas"


O vocalista/guitarrista do QUEENS OF THE STONE AGE, Josh Homme, foi entrevistado pela Visions Magazine e falou sobre uma possível reunião do THEM CROOKED VULTURES.


Além de Homme como frontman da banda, esse grupo contava também com Dave Grohl na bateria (NIRVANA), John Paul Jones no baixo (LED ZEPPELIN) e Alain Johannes na 2ª guitarra (ELEVEN e ex-QUEENS OF THE STONE AGE). Em novembro de 2009 eles lançaram o seu único álbum de estúdio, "Them Crooked Vultures", e realizaram a turnê mundial do mesmo até julho de 2010.

Seguem alguns trechos:

Jornalista: Nos shows tributos em homenagem a Taylor Hawkins no estádio Wembley em Londres e no Forum em Los Angeles no mês de setembro de 2022 (falecido baterista do FOO FIGHTERS), você esteve no palco junto com John Paul Jones, Dave Grohl e Alain Johannes. Foi a 1ª apresentação do THEM CROOKED VULTURES em mais de 01 década. Como foi para você?

Josh Homme: Estou em contato regular com eles e gostei muito de me apresentar com o pessoal naquela ocasião. Acho que Taylor teria adorado também, mas para ser sincero, ninguém precisa me pedir 02 vezes para dividir o palco com nenhum deles.


Jornalista: Então, haverá mais THEM CROOKED VULTURES no futuro?

Homme: Eu disse a Dave em Londres no show tributo a Taylor: “Apenas me avise quando estiver pronto”. Reunir a banda é o trabalho dele, o meu é escrever coisas cruas e estou sempre pronto para fazer a minha parte quando ele estiver pronto para a dele. Mas não quero pressioná-lo porque é definitivamente o que ele menos precisa na situação atual. Então, por favor, aceite as minhas palavras como ditas com pressão mínima e amor máximo por Dave.


Jornalista: Algumas das gravações do novo álbum do QUEENS OF THE STONE AGE, "In Times New Roman" (8º disco, a ser lançado em junho de 2023) aconteceram no Shangri-La Studios do produtor Rick Rubin. Já foi uma opção trabalhar com ele antes como produtor?

Homme: Eu sei como fazer álbuns agora e gosto do meu som cru. Eu amo o processo de fazer um álbum com os outros caras da banda e nós realmente não precisamos de ninguém para adicionar a isso. Tenho muito respeito por Rick Rubin, mas a razão pela qual gravei em seu estúdio foi para que pareça como o nome do estúdio dele sugere. E quanto mais penso nisso, mais percebo o quanto gostei de trabalhar nesse disco e de como estou feliz por não ter que compartilhar este sentimento com um novo produtor. Quando você está escrevendo uma música sobre a sua própria dor, a última coisa que você quer é que alguém lhe diga: “Que tal você tentar isso?” Já é real o suficiente pra mim e não preciso de mais vozes ao redor.




"Scumbag Blues" (Disco: "Them Crooked Vultures")














Comentarios


Mais Recentes
Destaques
bottom of page