• by Brunelson

Smashing Pumpkins: "a decisão foi de D'arcy de não querer retornar à banda"


O vocalista/guitarrista do SMASHING PUMPKINS, Billy Corgan, revelou em uma nova entrevista que a formação original da banda com a baixista D'arcy nunca mais irá se reunir, com a "ponte sendo queimada" pela própria D'arcy Wretzky.


* Smashing Pumpkins: Corgan perguntado sobre a não participação de D’arcy na banda


* Smashing Pumpkins: vai quebrar oficialmente o silêncio sobre o drama de D'arcy


* Smashing Pumpkins: "a ponte que tentei criar com D'arcy está queimada para sempre"


* Smashing Pumpkins: "a verdade vencerá no final"


* Smashing Pumpkins: "seria um reality show de merda", sobre reunião com D'arcy


* Smashing Pumpkins: Corgan elogia D’arcy pela suas contribuições nos anos 90

* Smashing Pumpkins: quando Billy Corgan conheceu D'arcy


* Smashing Pumpkins: Corgan explica por quê D'arcy não fez parte da reunião


* Smashing Pumpkins: Iha reage aos comentários depreciativos de D'arcy


* Smashing Pumpkins: "desde 1996, as pessoas entram e saem da banda"


* Smashing Pumpkins: "chamamos de blefe o 'jogo' de D'arcy"


* Smashing Pumpkins: baterista responde se D'arcy vai voltar à banda


* Smashing Pumpkins: grupo perguntado sobre a ausência de D'arcy


* Smashing Pumpkins "D'arcy não poderia tocar no mesmo nível"


* Smashing Pumpkins: Iha perguntado sobre a não participação de D'arcy


* Smashing Pumpkins: Corgan fala sobre D'arcy e se esta é a melhor formação da banda


* Smashing Pumpkins: "uma turnê junto com D'arcy seria incrível"


Corgan estava promovendo a reunião do SMASHING PUMPKINS por 02 anos antes de gravarem o álbum "Shiny and Oh So Bright, Vol. 1" (9º disco, 2018), mas ele acabou trazendo apenas o guitarrista James Iha e o baterista Jimmy Chamberlin como membros originais, desapontando os fãs que esperavam ver a reunião completa junto com D'arcy.

A revista Premier Guitar perguntou a Corgan se D'arcy algum dia retornaria ao rebanho e ele rejeitou a ideia: "Não. Darcy é um beco sem saída. É o que sempre digo às pessoas: ela deixou bem claro que a ponte está queimada entre nós. Uma coisa que eu gostaria de salientar é que ela e eu conversamos por 02 anos, antes de se tornar um fiasco público. Então, nós tivemos 02 anos de conversas sobre como fazer as pazes e tentar juntar algumas peças novamente".

Corgan continuou: "Então, ninguém ficou mais desapontado do que eu por não apenas terminar mal, mas se transformar em alguma coisa idiota de clickbait na internet. Ela tinha todo o direito de se expressar da maneira que foi e o que eu gosto de dizer, é que a forma como escolhemos nos expressar é fazendo parte da banda".

Ele acrescentou: "Eu sei que as pessoas gostam de drama, mas o mais importante é a banda. No caso de nós três, optamos por tornar a banda mais importante. Não é como se não tivéssemos problemas. Não é como se estivéssemos magicamente bem. Os problemas estão aí e nós somos uma família e passamos por eles".

Corgan finalizou: "A maneira que nós três escolhemos em lidar com isso é passar pela banda e passar pela música. No final do dia, fui feito para ser esta pessoa má, mas a decisão foi dela”.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques