top of page
  • by Brunelson

Ronnie Wood: "Jimi Hendrix me disse uma vez que odiava o seu próprio vocal"


A década de 60 foi um período transformador para praticamente todos os aspectos da cultura popular, especialmente na Inglaterra.

No coração de Londres, os jovens entregaram-se a novas ideias e estilos, fartos da inércia do pós-guerra que dominava o país. A moda foi radicalmente alterada por jovens designers e modelos e juntamente com essa mudança, a música liderou esta nova revolução cultural, com bandas como os BEATLES e o ROLLING STONES a mudar tudo o que estava estereotipado.

Essa coleção de bandas britânicas, que também incluía nomes como THE KINKS e THE WHO, rapidamente chegou aos EUA. A "Invasão Britânica" foi monumental, ajudando a moldar a direção da música para a guitarra. Enquanto isso, nos EUA, Jimi Hendrix tentou iniciar uma carreira como músico, embora inicialmente tenha lutado para obter sucesso. Em 1966 ele conheceu Linda Keith, namorada de Keith Richards, guitarrista do ROLLING STONES, que ficou maravilhada com o jeito de tocar guitarra de Hendrix e passou a notícia adiante para um amigo, Chas Chandler.

Em pouco tempo, Hendrix foi apresentado a vários produtores, com Chas Chandler, ex-baixista do THE ANIMALS, concordando em contratá-lo e leva-lo para Londres. A partir daí, Hendrix obteve sucesso no Reino Unido e que rapidamente se tornaria o seu lar. Ele impressionaria todos os seus contemporâneos, como Eric Clapton, que se lembra de tê-lo visto se apresentar pela 1ª vez: “Ele tocava quase todos os estilos que você poderia imaginar e não de uma forma querendo ser exibido, você me entende? Quero dizer, ele fez alguns dos seus truques como tocar guitarra com os dentes e em suas costas, mas não foi nada ofensivo e foi isso... Ele foi embora e a minha vida nunca mais foi a mesma”.



Logo com o lançamento do seu 1º single, que foi a canção "Hey Joe" (1º disco, "Are You Experienced", 1967), Hendrix alcançou o 6º lugar no ranking do Reino Unido, o que seria rapidamente seguida pela música "Purple Haze" (1º disco) alcançando o 3º lugar. Logo, Hendrix era o assunto da cidade, conhecido por suas habilidades insanas de tocar guitarra e abordagem inovadora para composição de músicas.

No entanto, apesar do seu sucesso, ele tinha muito pouca confiança em si mesmo em um certo aspecto...

O outro guitarrista do ROLLING STONES, Ronnie Wood, que chegou a dividir um apartamento em Londres com Hendrix por um curto período de tempo, falou sobre o lendário músico em sua autobiografia, "Ronnie".


Ele explicou que Hendrix era inseguro quanto à sua voz para cantar, concluindo: “O que me impressionou nele foi como ele tinha tão pouca autoconfiança. Eu não pude acreditar, sabe? Ele me confessou numa certa noite que odiava a sua própria voz, que não suportava cantar e que gostaria de poder simplesmente subir ao palco e somente tocar guitarra... Isso é o que ele realmente queria fazer. Apenas tocar guitarra".



Yorumlar


Mais Recentes
Destaques
bottom of page