• by Brunelson

R.E.M: a música da banda que fala sobre o ator River Phoenix


Antes de sua morte prematura em 1993, o ator River Phoenix (irmão do ator Joaquin Phoenix) foi um dos prodígios mais promissores de Hollywood.


Ele acabaria morrendo de uma overdose por heroína na tenra idade de 23 anos na noite de Halloween, mas a vida da estrela indicada ao Oscar era muito complexa e comovente para sua morte ser considerada apenas como mais um efeito colateral catastrófico da fama.

No entanto, as mesmas conotações trágicas permanecem uma parte de sua retórica. Como o ator Ethan Hawke, que apareceu junto com Phoenix no filme "Explorers" de 1985, havia comentado: "Você sabe o que me perguntaram antes? Por que eu não faço mais filmes fáceis?", ele disse uma vez ao jornal britânico The Guardian. “Bom, o meu primeiro parceiro de filme teve uma overdose na Sunset Boulevard, sabe? Ele era a luz mais brilhante de todas e essa indústria o mastigou, o que foi uma grande lição para mim”.

Acrescentando posteriormente: “Drogas, álcool e depressão são oponentes formidáveis em todo o mundo. As pessoas pensam que conseguir o que você quer vai te fazer feliz, mas um senso de identidade, propósito e amor não vêm de fora. Você não pode se distrair com essa cultura que celebra coisas que às vezes não são o que parecem”.

Esta possibilidade de evitar a perda do seu amigo, tornou tudo ainda mais trágico...

Ele era uma estrela amada não apenas para as massas, mas dentro de Hollywood, e como um amigo pessoal próximo de Phoenix, o vocalista da banda R.E.M, Michael Stipe, estava particularmente assombrado pela sua perda.


Mais tarde, o cantor relembrou de forma agridoce: “Há um punhado de pessoas que conheci na minha vida que imediatamente senti: ‘Ah, esta será uma amizade para a vida toda, ok!', e conhecer River Phoenix foi assim. Tínhamos muito em comum em termos de ativismo, crenças sobre o meio ambiente e o vegetarianismo, mas também como utilizar a fama e uma plataforma pública para encorajar ideias progressistas”.

Enquanto estava de luto, Stipe não escreveu nenhuma música nos 05 meses que se seguiram à morte de River Phoenix. Então, em 1994, ele escreveu a comovente canção "Crush With Eyeliner" em memória ao seu falecido amigo. De acordo com a biografia chamada "Reveal: The Story of R.E.M", essa foi a primeira música que se seguiu à seca criativa induzida pelo luto que Michael Stipe estava sofrendo.

A canção atravessa a vida de pessoas que assumem personalidades diferentes, o que Stipe insiste ser também uma referência à banda NEW YORK DOLLS, que eram conhecidos por suas personas amorfas no palco - enquanto isso, seria mais 01 canção que Courtney Love disse uma vez à Uncut Magazine que acreditava ser sobre ela.

A música "Crush With Eyeliner", lançada no 9º álbum de estúdio em 1994, "Monster", também traz Thurston Moore (vocalista/guitarrista do SONIC YOUTH) nos backing vocals. As violentas guitarras carregadas de reverberação viram o R.E.M. balançar os sons emergentes do grunge, o que representou uma mudança no som para a banda. Foi também uma canção transitória que se mostrou relativamente bem-sucedida, chegando à 23ª posição na parada de singles do Reino Unido e à 33ª posição no ranking da Billboard.

Só lembrando que nesse disco "Monster", também há uma música em homenagem a Kurt Cobain chamada "Let Me In" e tocada pela guitarra customizada do ex-frontman do NIRVANA, a Fender Jag-Stang, que havia sido doada por Courtney Love ao R.E.M.


* R.E.M: Top 06 letras do vocalista Michael Stipe


* R.E.M: "um dos maiores arrependimentos da minha vida foi não ter ido ao acústico do Nirvana"


* Kurt Cobain: guitarra customizada Fender Jag-Stang retorna ao mercado

Se as ligações com o seu falecido amigo eram meramente subliminares ou se ele era o protagonista central da canção "Crush With Eyeliner", isso é conhecido apenas por Stipe, mas uma coisa que fica clara é que River Phoenix viveu no profundo impacto criativo que teve sobre aqueles que o conheciam melhor.

Assim como a sua irmã, Rain Phoenix, havia dito em entrevista à Flood Magazine: “Espero que a sua memória e o que o meu irmão representou, possam ser uma fonte de inspiração e motivar jovens artistas a agirem”.


"Crush With Eyeliner"


* Kurt Cobain: ele realmente recebeu convite de Quentin Tarantino para o filme "Pulp Fiction"?

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques