top of page
  • by Brunelson

R.E.M: a história por trás do 1º single da banda, "Radio Free Europe"


A música "Radio Free Europe" é importante por duas razões.

Por um lado, foi o single de estreia da banda R.E.M. e os colocou no mapa. Em segundo lugar, quando o single foi lançado em 1983, plantou o projeto de uma banda do rock alternativo surgindo.

Com a canção batizada sob o nome do canal de propaganda anticomunista dos EUA, o grupo R.E.M procurou reverter na forma de música do rock alternativo, os danos da desinformação e da manipulação que o seu governo presidia na época.

O que R.E.M. também fez com o seu single de estreia foi criar o público do rock alternativo das próximas décadas - um público que não se contentava com o que a sociedade/sistema dizia.

Nesta época, algumas bandas como o R.E.M. fizeram uma retrospectiva para descobrir o que os grupos punk haviam feito apenas alguns anos antes, no final dos anos 70, e apresentou a sua própria versão para uma nova geração - R.E.M. era um grupo que estava procurando reinventar o que a cultura representava.

Essa atitude "retro" também se concretizou na própria música e nos instrumentos que o R.E.M. usava.

O guitarrista Peter Buck e o baixista Mike Mills usaram instrumentos da marca Rickenbacker para um tom único - algo também feito por bandas dos anos 60 como os BEATLES. O som inicial do grupo, à medida que se concretizou em seu álbum de estreia, "Murmur" (1983), já apresentava o rock característico do R.E.M, com a sua sensibilidade melódica e inteligência escaldante combinados para formar um dos discos mais subestimados dos anos 80. São canções curtas e sucintas em seu armamento, mas com a atitude agressiva adotada pelo punk.

O que fez a banda R.E.M. única com a música "Radio Free Europe" é que o seu vocalista, Michael Stipe, não tinha nenhuma letra pronta até que eles a regravaram para a sua versão lançada no álbum "Murmur".

"Radio Free Europe" foi uma canção de protesto contra a desinformação, a propaganda e o barulho geral e indesejado do sistema, onde Stipe escolhe uma concha confusa de palavras para provar um ponto.

A música realmente deu um empurrão à banda: “A maioria dos fãs pode não perceber que por 02 anos antes do lançamento do disco 'Murmur', mal alcançamos as despesas financeiras tocando em pequenos clubes em nossa região. O orçamento para a gasolina nos impediu de nos aventurarmos mais”, o baterista Bill Berry havia explicado para a biografia oficial da banda.

Este foi um momento crucial para o R.E.M. pois a música os salvaria como uma banda ou os confirmaria na lata de lixo da história. Berry acrescentou: “Simplificando, a nossa existência estava empobrecida. As rádios universitárias e as cenas dos principais clubes da cidade abraçaram essa música e expandiram o nosso público a tal ponto que mudamos de clubes pequenos para locais de tamanho médio. Não ouso imaginar qual teria sido o nosso destino se essa música não tivesse aparecido exatamente naquela época”.


"Radio Free Europe"






Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page