top of page
  • by Brunelson

Lars Ulrich: falando sobre a sua participação nos shows tributos a Taylor Hawkins


O baterista do METALLICA, Lars Ulrich, refletiu sobre a sua participação nos shows tributo a Taylor Hawkins em setembro de 2022, saudoso baterista do FOO FIGHTERS.


Foram 02 shows, realizados no estádio Wembley em Londres e no Forum em Los Angeles.

Sendo entrevistado pelo radialista Howard Stern na rádio SiriusXM, Ulrich começou falando sobre o METALLICA, que anunciou um novo álbum de estúdio para 2023, "72 Seasons", e que será o 11º disco do grupo:

“A única coisa nessa banda é que nós 04 não nos desviamos muito uns dos outros e acho que grande parte do fato de que o METALLICA ainda esteja ativo depois de 41 anos, é porque é uma coisa tão funcional quanto nós e porque não nos desviamos muito. Claro, Kirk Hammett (guitarrista) foi e fez o seu trabalho solo e James Hetfield (frontman) fez algo com um dos filhos de Waylon Jennings alguns anos atrás, sendo que eu fiz uma ou duas coisas próprias e Robert Trujillo (baixista) voltou a tocar com o SUICIDAL TENDENCIES e o INFECTIOUS GROOVES, mas mesmo assim não nos separamos muito".

Ele continuou, quando abordado sobre os shows tributos a Taylor Hawkins: “Dave Grohl me telefonou 03 ou 04 meses antes e me perguntou se eu participaria dos shows em homenagem a Taylor Hawkins no estádio Wembley e no Forum em Los Angeles, e claro, antes mesmo que ele terminasse de se explicar, eu apenas falei: 'Sim, Dave. Eu estarei lá. Apenas me diga o que você quer e eu irei comparecer'".

Ulrich finalizou: “Sair do mundo do METALLICA não é a coisa mais confortável pra mim. Acho que grande parte do motivo pelo qual adoramos ficar dentro do universo do METALLICA é porque há essa segurança e nós apenas nos apoiamos e temos essa coisa entre nós, mas tocar com Dave Grohl e o pessoal do FOO FIGHTERS junto com Brian Johnson (vocalista do AC/DC)... Nós fizemos um set do AC/DC e foi muito divertido de tocar”.


















Commenti


Mais Recentes
Destaques
bottom of page