top of page
  • by Brunelson

Sonic Youth: resenha do álbum "Rather Ripped"


Álbum: "Rather Ripped" (14º disco, 2006)


Esse penúltimo álbum de estúdio do SONIC YOUTH possui novamente a vocalista/baixista, Kim Gordon, abrindo o disco com a música "Reena", alimentada por um treino de guitarra característico de como o som da banda estava fluindo a partir deste século.

Sem respirar e logo com a canção "Incinerate" na sequência, torna esse disco ainda mais rápido do que foi no álbum antecessor, "Sonic Nurse" (13º disco, 2004), e embora eles relaxem para a atmosfera hipnotizante da música "Do You Believe in Rapture", no final das contas, o álbum "Rather Ripped" retoma com uma série de ótimas canções animadas e estimulantes.

Ainda mais do que já estava sendo pleiteado no disco "Sonic Nurse", este é um verdadeiro álbum de rock. Menos noise, com mais riffs e ganchos, mas ainda mais desafiadoramente anti-mainstream para a época do que foi com o clássico álbum "Dirty" em 1992 (7º disco).

É também o primeiro álbum da banda com o produtor John Agnello, um engenheiro de som e mixador de longa data para os velhos amigos do SONIC YOUTH e DINOSAUR JR, Agnello também iria produzir o próximo e final álbum de estúdio do SONIC YOUTH, além dos trabalhos solo do vocalista/guitarrista, Thurston Moore, e do guitarrista Lee Ranaldo. Ele provou ser uma grande combinação para o material final na carreira da banda e tudo começou com o disco "Rather Ripped".

Quando você alcançou tanto quanto o SONIC YOUTH tinha alcançado em 2006, você ganha o direito de escrever um álbum como "Rather Ripped", que é um dos discos mais acessíveis em geral na discografia da banda e um pouco mais fácil para os ouvidos do público mainstream, do que foram os clássicos álbuns do grupo nos anos 90.


Mesmo assim, esse disco não soa como se o SONIC YOUTH tivesse dito "amém" para a gravadora ou para os seus empresários.

Na verdade, é apenas mais uma prova de como o SONIC YOUTH sempre foi uma banda versátil. Aqui, eles fizeram coisas épicas e dignas do art rock, excursões de vanguarda e o ranger de dentes do punk rock.

No disco "Rather Ripped" eles ofereceram mais uma prova de como são bons em escrever canções populares concisas sem sacrificar a sua singularidade.


Track-list:


1. Reena

2. Incinerate

3. Do You Believe in Rapture

4. Sleepin Around

5. What a Waste

6. Jams Run Free

7. Rats

8. Turquoise Boy

9. Lights Out

10. The Neutral

11. Pink Steam

12. Or

13. Helen Lundeberg

14. Eyeliner


"Reena"














Kommentare


Mais Recentes
Destaques
bottom of page