top of page
  • by Brunelson

Queens of The Stone Age: como Dave Grohl gravou a bateria da música "No One Knows"?


Quando Dave Grohl se juntou ao QUEENS OF THE STONE AGE no estúdio para a gravação do álbum "Songs For The Deaf" (3º disco, 2002), representou a primeira vez que Grohl se tornou um baterista em tempo integral em quase 01 década inteira - fazendo também a turnê do mesmo.


E embora ele tenha tocado bateria (integralmente ou não) somente em todos os álbuns do FOO FIGHTERS até aquele momento, o atrito que estava rolando em sua banda na época o levou a buscar consolo em um projeto diferente.

“O que ficou estranho conosco foi que estávamos gravando um disco e simplesmente não estava dando certo, o que seria o nosso 4º álbum de estúdio, 'One by One' (2002)”, explicou Grohl sobre o FOO FIGHTERS. “Simplesmente não parecia bom, não parecia satisfatório e não estávamos gostando de como estava ficando. Nesse ínterim, o meu amigo e frontman do QUEENS OF THE STONE AGE, Josh Homme, tinha acabado de dispensar o seu baterista e ele me disse: ‘Cara, eu tenho somente 02 semanas e você poderia simplesmente vir até o estúdio e tocar bateria no disco que estamos gravando?'”

Grohl continuou: “Eles eram a minha banda favorita e eles são incríveis. Somos bons amigos e nos conhecemos há muito tempo desde os anos 90. Eu pensei: 'Sim! Eu vou tocar bateria em um álbum do QUEENS OF THE STONE AGE'. Então, eu gravei aquele disco com eles e foi meio que o oposto do que estávamos fazendo no FOO FIGHTERS. O que estávamos fazendo era: 'Tudo bem, vamos apenas abaixar o volume desse baixo e etc', mas a coisa com o QUEENS OF THE STONE AGE era apenas esse raio coletivo: 'Vamos fazer isso e pronto!'”

Homme e o produtor desse álbum, Eric Valentine, tinham um som específico em mente para a bateria: alto, agressivo e imediato. Eles queriam que a bateria explodisse sem que a batida dos pratos atrapalhasse durante o processo de mixagem, então, surgiu uma ideia: por que não gravar a bateria e os pratos separadamente?

A separação dos pratos é um processo complicado na gravação, exigindo um baterista com senso exato de tempo e precisão. Felizmente, Grohl se encaixou no projeto. Para não atrapalhar muito as suas apresentações, pads de bateria foram adicionados ao kit de Grohl para que ele pudesse simular tocar a parte normal da bateria, mesmo quando a sua bateria ou pratos estivessem faltando. Quando obtiveram tomadas satisfatórias de ambas, as duas partes foram mixadas para criar a tomada final da bateria.

É elaborado e um tanto artificial, mas a separação dos pratos permitiu maior liberdade durante a mixagem das músicas. Com alguém tão poderoso quanto Grohl por trás da bateria, era inevitável que o "sangramento" sonoro se tornasse um grande problema na hora da mixagem. Isso foi bom para algumas das canções do álbum "Songs For The Deaf", mas pelo menos para a música "No One Knows" (e provavelmente para várias outras do álbum), Grohl teria que acertar duas performances perfeitas: uma sem os pratos e a outra sem as partes da bateria.


* Queens of The Stone Age: Homme revela como compôs a canção "No One Knows"


* Queens of The Stone Age: revelada uma das "armas secretas" da sonoridade da banda


* Dave Grohl: "gravar com o Queens of The Stone Age foi totalmente oposto de como gravamos com o Foo Fighters"


* Queens of The Stone Age: Dave Grohl relembra de quando tocou bateria e quase deixou o Foo Fighters


* Queens of The Stone Age: guitarrista conta a história de como entrou na banda

Abrindo um rápido parênteses, foi exatamente dessa forma que o FOO FIGHTERS gravou a música "Subterranean" conforme é mostrado no DVD "Sonic Highways" (2014), canção esta lançada no álbum que leva o mesmo nome do DVD (8º disco, 2014).


Porém, Grohl tocaria somente os pratos em uma sala, enquanto o saudoso baterista do FOO FIGHTERS, Taylor Hawkins, tocou somente as partes da bateria em outra sala. A banda obteve os resultados que procurava e tudo porque Grohl se lembrou dessa técnica de gravação atípica que deu à clássica canção "No One Knows" do QUEENS OF THE STONE AGE o seu grande poder.


"No One Knows"


Mais Recentes
Destaques
bottom of page