• by Brunelson

The Chats: resenha da revista Kerrang sobre o álbum "High Risk Behaviour"


Confira a resenha que a revista britânica Kerrang havia feito sobre o álbum de estreia da banda THE CHATS, "High Risk Behaviour" (2020), concedendo nota 04 num total de 05.


* The Chats: lançando videoclipe do single ACϟDC CD


* The Chats: Dave Grohl e Josh Homme apoiam a próxima revelação do rock


Seguem alguns trechos:

Sujeira do punk australiano. THE CHATS diminuem o tom e levantam um sorriso na estreia regular do disco "High Risk Behaviour".


THE CHATS se formou em um “galpão de bongos”, onde o trio adolescente da praia Sunshine Coast dava umas escapulidas para fumar maconha. Eles se tornaram virais com a música, "Smoko" (2º EP, "Get This in Ya", 2017), que trata sobre uma pausa no trabalho para poder fumar um baseado.


"Smoko"


O título do álbum, "High Risk Behaviour", vem da violação escrita nos ingressos que o baterista Matt Boggis tinha em mãos, por estar "autorizado" a andar de skate em lugares que são proibidos ou inapropriados.

Obviamente, são três jovens que só querem usar o seu espírito rebelde para tomar uma cerveja e rir. Como o vocalista/baixista, Eamon Sandwith, heroicamente confuso disse sobre si mesmo: “Não fazemos músicas para as pessoas olharem de uma forma emocional ou intelectual. Nós apenas fazemos músicas para as pessoas pularem e se divertirem”, mas mesmo isso não poderá prepará-lo para os 28 minutos brilhantemente modestos de punk rock despreocupado e preguiçoso que eles serviram aqui.

Nenhuma das músicas desse álbum são polidas ou refinadas. Em vez disso, é uma música desmazelada que brilha graças a um charme genuíno e natural senso de humor. Com metade das canções não quebrando a barreira de 02 minutos e nenhuma chegando a 03 minutos, cada canção vem num riff maravilhosamente simples e faz seu trabalho o mais rápido possível para que possa logo chegar no pub para beber com os amigos.

Entretanto, é tempo suficiente de audição para cobrir tópicos importantes como doenças venéreas ("The Clap"), enjoo ("Drunk and Disorderly") e forçando o trocadilho, roubo de identidade ("Identity Theft"). Você pode pensar que o pessoal da banda estão se irritando, até ouvir e perceber que é assim mesmo que o THE CHATS é.

A sua ode a um jantar delicioso no bar, "Pub Feed", é boba, mas também é uma gritaria barulhenta e cativante. Enquanto isso, "Dine n Dash", uma música sobre acertar uma conta do restaurante, é igualmente divertida e estúpida.

Não funcionaria se não fosse tão natural e real, mas é!

É por isso que o THE CHATS é tão engraçado e por que a sua vibração de se divertir o tempo todo não parece que eles estão protestando para encobrir a inadequação. Eles estão indo aos pubs para se empanturrar, eles adoram uma cerveja e provavelmente foram expulsos de algum lugar por não estarem bem vestidos.

Se você está procurando uma emoção curta e divertida de uma gangue de australianos simpáticos com toda a graça de um camelo de uma perna só, é só falar com o THE CHATS.

Nota: 4/5


Confira todos os singles do álbum "High Risk Behaviour" que a banda THE CHATS lançou e a track-list do disco mais abaixo:


"Pub Feed"


"Identity Theft"


"The Clap"


"Dine n Dash"


"Do What I Want"


Track-list:


1. Stinker

2. Drunk and Disorderly

3. The Clap

4. Identity Theft

5. The Kids Need Guns

6. Dine n Dash

7. Keep The Grubs Out

8. Pub Feed

9. Ross River

10. Heatstroke

11. Billy Backwash's Day

12. 4573

13. Do What I Want

14. Better Than You

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead