• by Brunelson

Jimi Hendrix: como ele aprendeu a tocar violão?


Jimi Hendrix é sem dúvida o melhor guitarrista que o mundo teve a sorte de ter agraciado.

Hendrix elevou o instrumento a alturas inebriantes, um nível que nunca tinha sido alcançado por ninguém antes dele e ele chegou lá com garra, determinação e mais do que uma pitada de talento bruto jogado na mistura.

Ele não nasceu apenas com esse dom divino e como tudo na vida, Hendrix praticava como se não houvesse amanhã. O seu maior patrimônio foi o seu compromisso com a causa, uma habilidade que foi o seu melhor atributo e o levou a transformar a música para sempre, ao mesmo tempo que consolidava o status de melhor guitarrista que já existiu.

Porém, essa natureza resiliente testada ao extremo o impediu de ter uma carreira longa e a história de como Hendrix aprendeu a tocar violão é um conto de como a determinação é a qualidade mais importante a se orgulhar.

Talvez o motivo pelo qual Hendrix estivesse tão comprometido com o aprendizado da perfeição, fosse devido às circunstâncias difíceis em que começou a tocar, um fator que o fez compreender a importância da adaptação à medida que aperfeiçoava o seu ofício quando criança. O seu despertar musical chegou quando ele descobriu um ukulele com apenas uma corda, enquanto ajudava o seu pai a realizar um trabalho na garagem de uma mulher mais velha. Esta senhora, percebendo claramente que o jovem Hendrix estava apaixonado pelo ukulele, gentilmente perguntou se ele gostaria de ficar com o instrumento.

Mal sabia ela que jornada esse ukulele iria começar...

Então, Hendrix passou os dias se familiarizando com o novo instrumento, um período em que ele adorou completamente e como afirma o livro do seu irmão Leon, "Jimi Hendrix: A Brother's Story", a criança prodígio acabou descobrindo outras notas tocando aquele ukulele e ao mesmo tempo mudando a afinação daquela única corda.

Leon descreveu como o seu irmão, a quem carinhosamente chama de Buster, aprendeu a tocar ukulele de ouvido e que foi um sinal de sua imensa vontade de querer aprender: “Se Buster apertava um pouco mais aquela corda, o som ficava cada vez mais alto”, observou Leon. “Ele começou a girar a tarraxa de afinação enquanto dedilhava a corda para fazer o tom subir e descer, mesmo tocando notas simples... Uma hora ele ainda acompanhou algumas músicas de Elvis Presley pela rádio e Buster fez tudo de ouvido e combinou as notas”, acrescentou o seu irmão.

“A minha 1ª guitarra foi uma Danelectro”, Hendrix comentou uma vez e que veio logo depois que provou o seu valor com aquele ukulele. “Foi o meu pai que comprou pra mim e naquela época apenas gostava de rock'n'roll, eu acho...”

Tocar ao vivo pela 1ª vez como membro de apoio numa banda aos 17 anos de idade, também trouxe as suas próprias tribulações para Hendrix e apesar de já dominar a guitarra, ainda não parecia uma coisa natural no palco: “Foi muito difícil pra mim no início... Eu conhecia cerca de 03 músicas e quando chegou a hora de tocarmos no palco, eu estava tremendo, então, tive que tocar atrás das cortinas, sabe? Eu simplesmente não conseguia ficar lá na frente do palco e fiquei muito desanimado. Você ouve bandas diferentes tocando ao seu redor e o guitarrista sempre parece muito melhor do que você”.

Ele acrescentou: “A maioria das pessoas desiste nesse momento, mas é melhor não desistir. Apenas continue e continue. Às vezes você vai ficar tão frustrado que vai odiar a sua guitarra, mas tudo isso é apenas uma parte do aprendizado. Se você persistir, será recompensado. Se você for muito teimoso, você pode conseguir”, concluiu comoventemente o guitarrista.

Hendrix poderia ter desistido facilmente depois das dificuldades que enfrentou no início de sua carreira, aprendendo nas condições mais difíceis que se possa imaginar, no entanto, isso não impediu de se tornar o maior guitarrista de todos os tempos.


* Jimi Hendrix: conselhos para quem quer formar uma banda (e para os que já estão na estrada)

Após a experiência estressante que induziu quando subiu ao palco pela primeira vez sendo integrante de uma banda de apoio, Hendrix poderia ter decidido se prevenir de qualquer tortura futura tocando ao vivo, mas em vez disso, ele aprimorou as suas habilidades performáticas e se tornou um dos artistas mais obrigatórios de todos os tempos.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques