• by Brunelson

Stone Gossard: guitarrista do Pearl Jam comenta sobre todas as músicas do álbum "Gigaton"


Nesta semana que passou, o guitarrista do PEARL JAM, Stone Gossard, foi entrevistado pela rádio SiriusXM e falou sobre todas as músicas do novo álbum, "Gigaton" (11º disco, 2020).


Confira um resumo do que ele falou:


Música: "Who Ever Said"


Foi uma das últimas músicas que eles escreveram e fazia parte de um monte de faixas gravadas como demo por Eddie Vedder (juntamente com as canções "Superblood Wolfmoon" e "Never Destination"). Gossard vê esta canção de abertura do álbum como uma homenagem ao ROLLING STONES, especialmente durante o refrão que cita um dos clássicos da banda inglesa ("Satisfaction"). Gossard disse que durante os ensaios, a música parecia muito poderosa e que ele mal podia esperar para tocá-la ao vivo na frente dos fãs.



Música: "Superblood Wolfmoon"


Gossard disse que o ritmo da música é memorável e que os traços da guitarra de Eddie Vedder se parecem muito com o do guitarrista do THE WHO, Pete Townshend. Gossard também acrescentou que a música o faz pensar nos RAMONES. Durante os ensaios para a turnê de 2020, que mais tarde foi adiada para 2021 devido ao coronavírus, todos os membros da banda continuaram adicionando pequenos detalhes à música para torná-la ainda melhor durante os shows.



Música: "Dance of The Clairvoyants"


Esta é a música que faz de Stone Gossard um dos seus maiores orgulhos, tanto pela evolução que a canção teve, quanto pelo fato de ser um grande risco para a banda. Segundo Gossard, a música tem duas partes diferentes. A 1ª é onde você pode ouvir Jeff Ament e os seus teclados influenciarem muito com uma atmosfera predominantemente dos anos 80. A 2ª parte é onde você pode ouvir as influências da banda GANG OF FOUR (especialmente nas partes do guitarrista Mike McCready), com a contribuição de Stone Gossard tocando baixo e da bateria de Matt Cameron.


De acordo com Gossard, "Dance of The Clairvoyants" é a música em que você pode sentir o maior trabalho da produção de Josh Evans. Gossard lembrou-se também de quando toda a banda trouxe a canção para Eddie Vedder pela primeira vez e todos estavam preocupados com o fato de ele não gostar. Vedder adorou desde a primeira escuta e escreveu a letra em pouco tempo. Stone Gossard disse que, no futuro, ele não se importaria de escrever músicas semelhantes, não pelo humor geral, mas por causa do caminho experimental que tomaram.



Música: "Quick Escape"


Gossard disse que esta canção mostra como o álbum inteiro é um álbum de Jeff Ament (a presença do baixista é forte em muitas das músicas do disco). Gossard afirmou que a canção mudou muito desde a sua primeira demo, quando tinha sido gravada com Richard Stuverud na bateria (baterista dos projetos paralelos de Jeff Ament e de uma das bandas seminais do grunge, THE FASTBACKS). Ele acha que é uma música muito aventureira, mesmo que não haja tantos acordes nela, onde apresenta uma das melhores partes de baixo que Jeff Ament já tocou. Para Stone Gossard, existem influências evidentes do guitarrista Jimmy Page do LED ZEPPELIN. Mesmo que a demo foi mudando com o passar do tempo, a energia permaneceu a mesma. "Quick Escape" é a música do álbum "Gigaton" favorita de Stone Gossard.



Música: "Alright"


Gossard definiu: "O outro lado do estado de Montana, o outro lado de Jeff Ament". Ele disse que ama o vocal de Eddie Vedder nessa música e ele se lembra de como a demo era diferente, mais minimalista e ainda mais sombria. Graças à banda, alguns arranjos foram adicionados e ele adorou mais ainda. É uma das músicas do disco "Gigaton" que o deixa mais orgulhoso.



Música: "Seven O'Clock"


Assim como aconteceu na canção "Dance of The Clairvoyants", é uma música que nasceu através da colaboração de todos os membros da banda. Em 2017, Stone Gossard, Jeff Ament e Mike McCready gravaram três longas jam sessions desta faixa, usando uma bateria eletrônica porque Matt Cameron não estava no estúdio naquela ocasião. Depois de um tempo, graças à enorme contribuição do produtor Josh Evans e de Eddie Vedder durante a mixagem, eles deram forma à música que nasceu de uma jam. Gossard confirma fortes influências de Bob Dylan e Bruce Springsteen nesta linda canção.



Música: "Never Destination"


Foi uma das últimas músicas gravadas. É composta de poucos acordes, como muitas das melhores músicas que Eddie Vedder já compôs, como "Corduroy" e "Not For You" (ambas lançadas no 3º álbum de estúdio, "Vitalogy", 1994). Gossard gosta da melodia desta canção, especialmente a parte final. Ele também acha que as letras de Eddie Vedder são muito boas.



Música: "Take The Long Way"


Segundo Stone Gossard, todas as músicas que Matt Cameron traz para o PEARL JAM são sempre um desafio para o resto da banda. Todo mundo estava muito animado com esta canção e os ensaios para a turnê adiada para 2021 foram incríveis e eles mal podem esperar para toca-la ao vivo.



Música: "Buckle Up"


É a única canção do disco inteiramente escrita por Stone Gossard - letras e música. O guitarrista começou a escreve-la nos bastidores do show que a banda fez no Lollapalooza Festival em Santiago, no Chile em 2018. Naquele momento, ninguém estava pensando em retomar as diretrizes para a gravação do novo álbum e Gossard nem sabia se a música se encaixaria no vindouro disco do PEARL JAM. Ele decidiu enviar a demo para a banda para que pudessem ampliar um pouco mais os seus horizontes musicais. As contribuições de Eddie Vedder e Jeff Ament foram vitais para completá-la e Gossard acrescentou que se esta fosse a última música que ele teria composto para o PEARL JAM, ele ficaria mais do que satisfeito com isso.



Música: "Comes Then Goes"


Para Gossard, é uma honra ter uma música como essa no álbum "Gigaton", porque é diferente de todas as outras e tornando o disco mais heterogêneo. Ele acha que em 20 anos a canção "Comes Then Goes" será uma das favoritas dos fãs ao lado dos maiores sucessos do grupo, dizendo que ficaria muito surpreso se isso não acontecesse. Para Gossard, essa é a música mais poderosa do álbum, mesmo que seja apenas apresentada pelo violão e voz (com a camada mínima de uma guitarra distorcida).



Música: "Retrograde"


Para Gossard, esta canção é um clássico instantâneo. Ele acha que é a melhor música que Mike McCready já compôs para a banda e todos ficaram muito felizes com o som extraído dela durante os ensaios para a turnê. Gossard tem certeza de que é uma música que nunca se perderá nas próximas listas de canções preferidas do PEARL JAM.



Música: "River Cross"


Gossard acha que essa música é o final perfeito para o disco "Gigaton". Ele acha que você pode ouvir uma influência muito forte de Bob Dylan, especialmente para os temas líricos com os quais Eddie Vedder lida. O guitarrista também revelou ter escutado a demo original ainda em 2017, gravada somente com Eddie Vedder tocando órgão e Gossard se apaixonando por ela. Ele imediatamente percebeu o potencial da música em uma versão com toda a banda tocando junto. Gossard mal pode esperar para tocar esta canção ao vivo porque acha que isso criará um forte relacionamento entre a banda e a plateia.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead