Soundgarden: banda irá concorrer ao Rock'n Roll Hall of Fame para 2020

October 19, 2019

 

O baixista do SMASHING PUMPKINS desde 2015, Jack Bates, elogiou em rede social algumas bandas que foram escolhidas para concorrerem ao Rock'n Roll Hall of Fame em 2020, incluindo o SOUNDGARDEN, NINE INCH NAILS, MOTORHEAD, JUDAS PRIEST e THIN LIZZY, mas aproveitou e disse que ainda existem alguns óbvios desprezos. 

 

Um deles seria o próprio SMASHING PUMPKINS, além do STONE TEMPLE PILOTS e ALICE IN CHAINS, que são outros grupos dos anos 90 que ainda não receberam uma indicação.

 

Bates falou: “Surpreendentemente bons candidatos ao Rock'n Roll Hall of Fame para 2020, mas muitas bandas cruciais ainda estão faltando!!!"

 

A viúva de Chris Cornell, Vicky Cornell, também postou em rede social: "Parabéns, SOUNDGARDEN! Estou tão orgulhosa e sei que Chris ficaria muito honrado! Obrigado ao Rock'n Roll Hall of Fame, pois isto significa muito e obrigado a todos os fãs que amam, apoiam e continuam a consolidar a vida e o legado de Chris e do SOUNDGARDEN para sempre”.

 

O guitarrista do SOUNDGARDEN, Kim Thayil, também ofereceu os seus comentários em entrevista para a Billboard: “Quando me disseram pela 1ª vez, não sabia ao certo o que sentir por causa do fuso horário de onde estava me adaptando, mas depois, tirei um tempo para descansar e envolvi a minha cabeça em torno deste assunto, e me senti bem, sabe?"

 

"Eu pensei que é uma coisa importante, especialmente para os legados do SOUNDGARDEN e de Chris. É realmente importante agora entender isso da perspectiva dos fãs e entender o SOUNDGARDEN como uma banda atual e também como um exercício póstumo”.

 

Thayil mencionou que Matt Cameron (baterista do SOUNDGARDEN) havia sido eleito pelo Rock'n Roll Hall of Fame como baterista do PEARL JAM em 2017, enquanto que Chris Cornell havia feito o discurso onde induziu a também banda de Seattle, HEART. 

 

Thayil finalizou: “É muito agridoce, mas Chris ficaria satisfeito com isso. Certamente, é diferente de onde estávamos nos anos 80 e início dos anos 90, mas eu sei que Chris havia participado de 01 ou 02 cerimônias de indução do Hall of Fame e foi apresentando o HEART que ele viu o significado disso, e como era importante para o HEART e para as bandas serem eleitas no Hall of Fame. Ele havia me dito uma vez: 'Sim, isso é muito importante e é legal', então, Chris ficaria muito animado com essa oportunidade”.

 

01 mês antes do seu falecimento, Chris Cornell havia sido entrevistado por uma rádio e falou sobre esta indução do baterista Matt Cameron com o PEARL JAM em 2017.

 

O site rockinthehead havia publicado esta matéria e você pode conferir clicando no título abaixo:

 

* Chris Cornell: reagindo a indução do Pearl Jam ao Hall of Fame

 

E algumas semanas antes do seu falecimento, Chris também havia sido entrevistado e conforme esta entrevista, a opinião dele (não sobre a questão citada referente aos fãs) não era bem assim do jeito que o guitarrista Kim Thayil declarou nesta atual matéria.

 

O site rockinthehead também publicou esta reportagem e é só clicar no título abaixo para conferir:

 

* Soundgarden: Chris Cornell reage à exclusão do Hall of Fame

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Dave Grohl: falando sobre a droga "Love Boat" de quando era jovem

November 17, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead