Smashing Pumpkins: guitarra roubada em 1992 é novamente adquirida por Corgan

February 8, 2019

Depois de 27 anos, Billy Corgan (vocalista/guitarrista do SMASHING PUMPKINS), recuperou a sua guitarra Fender Stratocaster que foi roubada em 1992. A guitarra foi o ímpeto por trás do som no álbum de estréia da banda em 1991, "Gish", e agora, ele planeja usar a guitarra como componente chave para o próximo álbum da banda - provisoriamente previsto para lançamento no final de 2019.

 

Seguem alguns trechos:

 

Jornalista: Poderíamos ver uma recriação do som da guitarra do disco "Gish"?

 

Corgan: Eu literalmente vou levá-la para algum lugar para consertá-la e vou começar a usá-la. É uma guitarra realmente valiosa para mim, quero dizer, o tempo que estamos passando é tudo novo e auspicioso, então, considero isso como um sinal de que esta guitarra deveria fazer parte do que estamos fazendo atualmente.

 

 

Jornalista: O novo álbum da banda que será lançado no final de 2019, "Shiny and Oh So Bright, Vol. 2" (10º disco), está tomando qual direção musical?

 

Corgan: É bastante guiado pelas guitarras. Mais uma vez a guitarra aparece e é como voltar ao início do porquê de tocar guitarra, tipo, se há algo que ouvimos de pessoas que amam a banda, elas querem mais do que fazíamos. Então, eu estou apenas deixando os riffs surgirem livremente, sabe?

 

Corgan: Se você tivesse me dito há 27 anos atrás que esta guitarra voltaria para mim algum dia e que eu ainda estaria em uma banda com James Iha (guitarrista) e Jimmy Chamberlin (baterista), eu não teria acreditado em você... Acho legal que ainda estamos tocando juntos e que esta guitarra fará parte do novo álbum.

 

Corgan disse que estava emocionado por ter a guitarra de volta.

 

"É uma história incrível! Estou muito, muito feliz. É um dia feliz para mim!"

 

Talvez, a parte mais incrível de tudo isso é que a guitarra foi roubada em primeiro lugar. Corgan lembra que cerca de 10 anos depois que Chamberlain lhe vendeu o instrumento, uma pessoa que ele não conhecia perguntou se ele ainda tinha a guitarra. 

 

A pessoa havia lhe dito: "Na verdade, a guitarra era minha e eu a tinha deixado com Jimmy". Corgan respondeu: "Nossa! Eu me sinto tão mal, cara..." Corgan também havia dito na entrevista: "A pessoa não tinha ficado chateada comigo, ela havia dito: 'Tudo bem! Jimmy é meu amigo e se Jimmy vendeu para você e você a usou, isso me deixa feliz'".

 

Corgan finalizou: "Mas essa é a história tortuosa desta guitarra. Jimmy me vendeu e alguém roubou ela de mim, mas agora ela está de volta. Esta guitarra tem um certo mistério mágico nela e foi com ela que a sorte mudou a minha vida. Senti que esta guitarra voltando para mim, é como um talismã ou algo do tipo... Era para voltar a mim".

 

Confira o áudio de estúdio da canção "Bury Me", lançada no disco "Gish":

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 19

September 30, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead