Radiohead: “houve uma época em que eu não estava mais no meu corpo"

November 9, 2017

 

O vocalista do RADIOHEAD, Thom Yorke, realizou um bate-papo com a revista Interview Magazine e falou sobre um incidente traumático que passou, forçando-o a dar uma pausa na carreira.

 

Thom Yorke: Depois que terminei a escola, eu fiquei 01 ano basicamente fazendo trabalhos de merda, ganhando dinheiro suficiente para gravar demos e envia-las para as gravadoras. Logo depois, fiquei entediado com isso e entrei na faculdade de artes onde tive uma trajetória completamente diferente. A faculdade de artes explodiu a minha mente, porque experimentei estar com pessoas criativas pela 1ª vez na vida e me sentindo como se pertencesse aquele lugar, mas depois a ambição e a obsessão que eu tinha me deixou debilitado e naquele momento eu realmente poderia ter cansado qualquer um que convivesse comigo. Então, eu tive que dar uma pausa e cuidar do outro lado da minha personalidade...

 

Jornalista: Sim, também passei por algo parecido, mas eu fui completamente na outra direção - não querendo dizer que mergulhei em qualquer tipo de rebelião, sabe? Eu me tornei meio que um animal de festa e tive um choque maciço com isso. A minha saúde sofreu porque eu estava exagerando e essa nova pessoa não poderia estar mais longe daquela que emergiu da experiência anterior... Eu regredi massivamente.

 

Yorke: Fiquei curioso para saber se você já tomou um longo período e se retirou da trajetória em que estava passando no momento... Você já sentiu a necessidade de sair do “trem”? A razão pela qual pergunto é porque, enquanto seguia a minha trajetória normalmente eu nunca havia passado por esse tipo de coisa. Nunca pensei nisso até que um dia eu percebi que não estava mais no meu corpo. Eu passei por um incidente traumático e tive que parar por um longo período de tempo, sabe? Comecei a estudar meditação e quando eu finalmente me acalmei, encontrei-me em um retiro sentado numa almofada e percebi que antes parecia que alguém tinha amarrado um rádio na minha cabeça e o tinha ligado no volume máximo. Eu fiquei, tipo: “Oh, meu Deus!"

 

Jornalista: Sim, o barulho era tão alto quando percebe que parou de escuta-lo, porque você estava no fluxo dessa coisa o tempo todo “escolhendo” o que fosse mais ruidoso ou o mais negativo.

 

Yorke: Eu ia para o estúdio e quando começava a trabalhar, as vozes na minha cabeça começavam a falar: "Você não pode fazer isso, você não pode fazer aquilo". Então, eu tive que parar e tentar compreender o que estava acontecendo comigo.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Chris Cornell: radialista Howard Stern publica vídeo inédito com performance da música "Imagine"

November 20, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead