• by Brunelson

Courtney Love: falando um pouco sobre o seu vindouro livro


Courtney Love falou sobre o seu livro autobiográfico e de memórias em uma nova entrevista à jornalista Joan Juliet Buck, e comentou sobre ser acusada de assassinar o seu marido em 1994, Kurt Cobain.

"Eu tenho sido as 02 coisas, Hollywood e rock... Ah, bem... Os rockeiros não se importam mesmo... Com o material de Hollywood você precisa ser muito cuidadoso. Não vou omitir muito, mas definitivamente há segredos que vou manter e não irei publicar, mas Hollywood é muito diferente do mundo do rock'n roll, sabe? Você precisa ter cuidado se for falar de algumas pessoas de Hollywood".

Buck então perguntou sobre os advogados que terão que examinar o seu livro antes de ser publicado e Love esclareceu as suas partes inseridas:

"Eu estou apenas falando de aventuras, sabe? Na noite e com as pessoas".

Embora o livro de memórias de Love abordará o seu casamento com Kurt Cobain, a sua morte aos 27 anos de idade e as teorias conspiratórias do seu falecimento ainda apontam para Courtney de alguma forma:

"Passei 24 anos sendo chamada de assassina. É uma situação incondicional".

Entretanto, Love ainda não conseguiu abordar este assunto no processo de redação do livro:

"Eu ainda não falei muito sobre Kurt. Ele é um ícone que tem que ser manuseado com luvas de criança, mas ao mesmo tempo irei contar a história do que aconteceu e as pessoas podem amar ou odiar. Eu não ligo e realmente não me importo com o que as pessoas irão achar”.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead