• by Brunelson

Pearl Jam: entrevista com o 1º baterista da banda


O PEARL JAM foi introduzido no Rock’n Roll Hall of Fame no dia 07/04/17, e o 1º baterista da banda, Dave Krusen, estava entre os membros induzidos. Krusen trouxe um grande som de bateria para o PEARL JAM enquanto eles estavam gravando o álbum de estreia, “Ten” (1991), e antes num porão durante os primeiros dias de banda. Depois que ele deixou o grupo após gravar o disco, mais de 25 anos depois de sua partida o som da sua bateria continua sendo uma parte fundamental neste clássico álbum.


Krusen reuniu-se com o PEARL JAM para executar a canção "Alive" na cerimônia de indução do Hall of Fame, e como Krusen disse em entrevista exclusiva ao Alternative Nation: “parecia que o tempo não havia passado”.


Segue a entrevista na íntegra logo abaixo:



Jornalista: Como é que a banda chegou em você sobre a ideia de tocarem juntos no Hall of Fame?


Dave Krusen: Matt Cameron (baterista) foi o primeiro a falar comigo, e depois Jeff Ament (baixista). Eu fiquei tão feliz quando eles falaram sobre a ideia de tocarmos juntos, então Eddie Vedder (vocalista) me ligou e foi ótimo recuperar o atraso, tudo se tornou real para mim.



Jornalista: Como você se sentiu quando se viu novamente com a banda nos ensaios?


Krusen: Era como se nenhum tempo tivesse passado, me senti muito bem e eles foram muito legais. Sem contar que estou sóbrio, então, foi uma experiência melhor do que antigamente.



Jornalista: Do que vocês falaram?


Krusen: Nós conversamos sobre um monte de coisas, que obviamente eu não posso falar. Talvez numa outra entrevista onde eu possa me alongar no tempo.



Jornalista: Foi fácil obter a química musical de volta quando vocês começaram a tocar? Você notou alguma diferença no seu próprio manuseio ou em algum membro da banda? Como vocês se combinaram na música "Alive"?


Krusen: Nós temos um certo som quando tocamos juntos e parecia que todas as coisas consideradas ainda estavam lá. A grande diferença é que estamos todos melhores no que fazemos e foi incrível...



Jornalista: Alguma história legal sobre encontrar alguém no Hall of Fame? David Letterman fez o discurso, eu vi o ator Michael J. Fox (da trilogia “De Volta Para o Futuro”) com Eddie e claro, os membros das outras bandas induzidas como o JOURNEY, RUSH, YES e de todos os outros indicados.


Krusen: O meu filho conheceu Michael J. Fox quando tinha ido ao banheiro. Eu sou um grande fã desse cara.



Jornalista: Como você se sentiu quando chegou ao palco para dar o discurso e se apresentar? Você deu um discurso curto, mas formidável, além do seu desempenho que foi incrível!


Krusen: Obrigado, cara! Eu não sei o que eu disse, estava assustado... Eu estava de pé atrás da bateria e vi o meu nome no telão e foi como uma merda sagrada! Espero ter agradecido a todos.



Jornalista: Como foi ter estado com os outros bateristas do PEARL JAM na cerimônia, Matt Cameron e Jack Irons? Foi ótimo ver você e Jack lá, e de Eddie ter citado Dave Abbruzzese e Matt Chamberlain em seu discurso.


Krusen: Era tão reconfortante ter aquelas lendas da percussão ao meu lado na cerimônia. Todos gentis cavalheiros.



Jornalista: Jeff estava vestido com uma bela camisa cheia de grandes artistas e bandas que não estão no Hall of Fame. Alguém que você gostaria de ver entrar?


Krusen: O SOUNDGARDEN e o THE SONICS! Eu sempre voto neles todos os anos e acredito nisso.



Jornalista: Qual vai ser o seu próximo compromisso musical? Talvez um pouco mais de PEARL JAM como convidado ou colaborações com outros artistas/bandas?


Krusen: Eu trabalho com tantas pessoas talentosas e diferentes que eu odeio esquecer alguém, basta verificar as minhas mídias sociais. Sou tão grato por essa experiência, sabe? Sou um cara de sorte.


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead