• by Brunelson

Melvins: "do jeito que o Nirvana terminou, não tenho nenhuma boa lembrança daquela época"


O vocalista/guitarrista do MELVINS, Buzz Osborne, falou sobre a morte de Kurt Cobain e o que isto lhe acarretou, em uma nova entrevista ao programa The Pit.

* Melvins: “Kurt havia me dito que gostaria de seguir em carreira solo”


* Melvins: “sinto que ajudei a criar a morte de Kurt Cobain”


* Melvins: vocalista se lembra da noite em que Kurt Cobain foi preso por vandalismo


Osborne começa falando sobre as homenagens "tardias" que a cidade natal de Kurt, Aberdeen (próxima a Seattle), havia feito ao frontman do NIRVANA após o seu falecimento.


Só lembrando que Osborne cresceu e viveu em Aberdeen, sendo amigo de Cobain desde a adolescência e sua banda, MELVINS, sendo os ídolos do adolescente Kurt.


Seguem alguns trechos:

“Ah, sim, isso foi há um bom tempo quando aconteceu, anos atrás, mas não fizeram do jeito correto logo depois que ele morreu porque a cidade (Aberdeen) é lenta quando se trata de coisas dessa natureza - referente a homenagens".

"Ninguém poderia negar que alguém daquela cidade vendeu 100 milhões de discos, por mais que as pessoas quisessem".

"E quando finalmente começaram a fazer as homenagens a Kurt, acho que aquelas pessoas esperavam que eu fosse totalmente amoroso e feliz com tudo isso, mas tive uma experiência muito infeliz de viver e crescer lá, e sinto que a minha vida realmente começou depois que eu fui embora de Aberdeen".

"Não tenho coisas boas para falar ou boas lembranças... De qualquer maneira, não sou realmente uma pessoa dos 'bons velhos tempos'. Eu tendo a olhar para trás para todas essas coisas, especialmente as coisas do NIRVANA, e tudo foi arruinado pela forma como a banda terminou. Honestamente, eu preferia que Kurt estivesse vivo e não famoso, do que famoso e morto”.

“Muito disso já foi escrito... Na maioria das vezes, as pessoas não gostam do que eu digo sobre isso, porque não falo sobre o final brilhante e alegre disso... Eu não vejo dessa forma. Não estou feliz com a forma como tudo funcionou, porque do jeito que terminou, estragou tudo! Foi difícil pra mim olhar para trás e achar que aquilo foi ótimo - até a morte de Kurt.

"Já éramos amigos antes da explosão do grunge, quando estávamos todos sem dinheiro e sem esperança. Costumo ter uma visão melhor dessas memórias só depois das coisas que vieram após o falecimento de Kurt".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques