• by Brunelson

Foo Fighters: qual a clássica banda punk citada em uma de suas lendárias músicas?


Dave Grohl não tem medo de invocar os sons do passado. Esteja ele "copiando" o padrão de bateria de músicas disco para o álbum "Nevermind" do NIRVANA ou conectando-se ao rock britânico para evocar a música "Floaty" (1º disco, "Foo Fighters", 1995), Grohl não se desculpa em seu "furto" de elementos musicais essenciais para compor o seu som de assinatura.


* Nirvana: "as partes de bateria do álbum 'Nevermind' eu tirei da música disco"

As origens da música do FOO FIGHTERS não são difíceis de encontrar. Misture o DNA sujo do NIRVANA, adicione uma camada essencial de rock de arena, lixe as bordas apenas o suficiente para trazer grandes ganchos melódicos, mas não o suficiente para impedir Grohl de ficar gritando na sua cara, e você terá o FOO FIGHTERS.

E dentre várias bandas que influenciaram um jovem Dave Grohl na adolescência e que também serviu como precursora e inspiração imediata para o estilo único de rock alternativo de Grohl, foi o HUSKER DU.


* Dave Grohl: admitindo a influência da banda Husker Du no som do Foo Fighters

Formado em Saint Paul, Minnesota, no final da década de 70, HUSKER DU foi originalmente uma das bandas punk hardcore mais rápidas e agressivas dos EUA, mas rapidamente o trio se cansou daquela velocidade frenética e distorção intensa.


O vocalista/guitarrista Bob Mould e o baterista Grant Hart eram cantores e compositores intensamente talentosos, e o punk rock simplesmente não forneceu a plataforma adequada para que eles exibissem todo o seu talento.

Então, eles criaram um novo gênero de música que manteve a intensidade do punk rock, mas incorporou a grandeza do rock clássico e até mesmo ganchos melódicos.

Não por acaso, Dave Grohl absorveu o som único do HUSKER DU e viu um caminho a seguir para a sua própria musicalidade. Em entrevista à revista Planet Rock em 1996, Grohl citou os elogios à banda: “Quero dizer, BLACK FLAG foi no início e quando descobri o ZEN ARCADE, eu pensei: 'Deus, essas pessoas escrevem músicas, cara'. Foi incrível! Era como se o THE BYRDS encontrasse o BLACK FLAG e aquilo me surpreendeu, e as músicas ficavam na sua cabeça para sempre e foi algo simplesmente incrível".

Grohl imediatamente assumiu o som característico da banda e o timbre de som de guitarra de Bob Mould pode ser encontrado em canções do FOO FIGHTERS como "Everlong" (2º disco, "The Colour and The Shape", 1997) e "Learn to Fly" (3º disco, "There is Nothing Left to Lose", 1999).

Mas foi no início dos anos 2000 que Dave Grohl decidiu homenagear diretamente o HUSKER DU, incorporando um dos seus álbuns na letra de uma das músicas mais populares do FOO FIGHTERS.

Foi na canção "Times Like These" (4º disco, "One by One", 2002), o rock eternamente otimista que Grohl criou quando a banda estava prestes a se separar.

Antes de gravarem o álbum "One by One", o baterista do FOO FIGHTERS, Taylor Hawkins, havia sofrido uma overdose de heroína em 2000 e as diferenças entre os membros da banda tornaram-se cada vez mais aparentes, com Dave Grohl suspendendo a produção do disco para se juntar temporariamente como baterista do QUEENS OF THE STONE AGE.

Se alguma vez houve um momento real em que o FOO FIGHTERS pudesse se separar até aquele momento, foi dessa vez...

Mas Grohl retornou da gravação e turnê com o QUEENS OF THE STONE AGE, reuniu a sua turma e colocou uma nova ênfase na resiliência da banda que foi pontuada pelas palavras animadas e mensagem encorajadora na música “Times Like These”.

O 2º verso da música começa com a frase: “I / I’m a new day rise / I’m a brand new sky to hang / the stars upon once”. Embora isso possa soar como Grohl se tornando poético, na verdade é uma referência direta ao 3º álbum de estúdio do HUSKER DU de 1985, "New Day Rising".

Em um momento em que Grohl precisava se lembrar de quem ele era, ele acenou para o HUSKER DU apenas para reconhecer a sua enorme influência na formação de sua educação musical.


"Times Like These"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques