Foo Fighters: "Dave nunca demitiu William da banda"

July 2, 2018

 

Taylor Hawkins, baterista do FOO FIGHTERS, foi entrevistado recentemente pelo jornalista Matt Wilkinson, no programa Beats 1 na Apple Music, e falou sobre o 1º baterista da banda, William Goldsmith.

 

“Eu realmente não me sentia confortável tocando bateria no FOO FIGHTERS, até gravarmos o nosso 4º álbum de estúdio, 'One By One' (2002). A música ‘All My Life’ foi a 1ª canção que gravei para esse disco, sendo que Dave Grohl havia gravado a bateria das metades das canções em nosso álbum anterior, 'There is Nothing Left to Lose' (3º disco, 1999)".

 

"Eu estava lutando comigo mesmo, porque eu nunca tinha estado num estúdio antes, sabia? Para o 3º disco, gravamos no porão da casa de Dave, mas entrar num estúdio de verdade é uma coisa completamente diferente do que tocar ao vivo, porque o microscópio fica ligado..."

 

"O 1º baterista do FOO FIGHTERS se curvou sob a pressão e ainda culpa Dave por isso. Não foi nada disso, cara, porque Dave nunca o demitiu pelo meio do caminho, ok? Então, vamos deixar as coisas bem claras: Dave nunca o demitiu da banda".

 

"Ele que saiu do grupo, mas ele continua postando coisas em redes sociais sobre isso. Dave nunca o demitiu e Dave nunca quis demiti-lo".

 

"Mas foi em 2002 para 2003, onde eu realmente comecei a encontrar o meu espaço na banda, porque eu tentava ser sempre Dave Grohl na bateria, mas eu não era".

 

William Goldsmith tocou no Foo Fighters de 1995 a 1997, antes de deixar a banda porque Dave Grohl não estava gostando de como estava soando a bateria de William nas gravações do 2º álbum de estúdio, "The Colour and The Shape" (1997). 

 

Conforme o documentário oficial do FOO FIGHTERS, "Back and Forth" (2011), o ex-baterista disse que Dave havia dito que ele iria gravar a bateria nesse 2º disco, mas que William continuaria sendo o baterista da banda nos shows - situação que ele não aceitou.

 

Lembrando que no álbum homônimo de estreia (1995), Dave gravou todos os instrumentos e depois convocou a banda.

 

Taylor Hawkins se juntou ao FOO FIGHTERS a partir da turnê do 2º disco, mas a surpresa revelada aqui nessa matéria, é que ele não gravou a bateria de todas as músicas no 3º álbum.

 

Confira o 1º vídeo clipe que o FOO FIGHTERS lançou, que foi a canção "I'll Stick Around" (lançada no álbum de estréia):

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Butch Vig: renomado produtor escolhe disco do The Who como o álbum definitivo que mudou a sua vida

September 29, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead