• by Brunelson

The Doors: o clássico filme cult que foi inspirado pela canção "Riders on The Storm"


Um dos grandes atos finais de Jim Morrison com o THE DOORS - pelo menos cronologicamente falando - foi a música "Riders on The Storm" (6º e último disco, "L.A. Woman", 1971) e resumiu tanto o mantra iconoclasta de Morrison quanto o misticismo do rock único do THE DOORS.


Com a imagem evocativa de um viajante cansado da estrada, a banda criou uma obra-prima atmosférica que abrigava imagens sonhadoras ao inconsciente do sujeito/ouvinte.


* The Doors: a história por trás da música "Riders on The Storm"

Esta canção emana um sentimento melancólico de uma épica teologia ocidental. Na verdade, poucas músicas na história evocam uma paisagem com tanto imediatismo quanto "Riders on The Storm", uma vez que se baseia na névoa empoeirada do meio oeste americano.

O roteirista de cinemas, Eric Red, reconheceu a abertura cinematográfica que a canção possui e a usou como inspiração para o seu próprio projeto. Quando entrevistado pelo site DVD Active, Red disse que a música foi a principal influência para o filme de 1986, "A Morte Pede Carona", um clássico das antiga.

"Comecei com essa cena e fui a partir daí”, Red falou. A música em si contém referências ao caroneiro homicida, Billy Cook, que matou 06 pessoas enquanto fazia o seu caminho entre o Missouri e a Califórnia. Já a história macabra do filme não é tão diferente, cuja sinopse oficial diz: “Um jovem que escapa das garras de um caroneiro assassino é posteriormente perseguido pelo caroneiro e enquadrado pelos seus crimes”.

O filme dos anos 80 estrelado por Rutger Hauer e Jennifer Jason Leigh é agora um clássico cult.

Curiosamente, pode-se dizer que a música em si também foi inspirada em um filme, embora seja um filme criado pelo próprio Jim Morrison, o qual era estudante de Cinema na Faculdade da California.


No verão de 1969 e apenas 02 anos antes de criarem a música "Riders on The Storm", Morrison criou o seu filme independente chamado "HWY: An American Pastoral", no qual ele retratou um caroneiro refletindo sobre os caminhos da sociedade americana moderna, enquanto a vida e a paisagem se desenrolavam ao seu redor em um passeio sonâmbulo, que se revela, no último ato, mais profundamente imoral.


"Riders on The Storm"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques