top of page
  • by Brunelson

Dave Grohl: "você podia acreditar no que Mark Lanegan cantava, porque era real"


Dave Grohl sobre o falecimento de Mark Lanegan, vocalista do SCREAMING TREES: “Se ele cantava sobre dor ou sobre o amor, você pode acreditar que era real”.

O frontman do FOO FIGHTERS ainda disse que "não havia ninguém como Mark Lanegan. Ele era um artista que sabia expressar emoções através do seu canto... Ele era tão puro e tão real em sua arte".



Em entrevista ao site The Independent, Grohl ainda falou: “Se você sabe alguma coisa sobre a história dele ou leu algum dos seus livros, você vai entender por que ele cantou sobre as coisas que ele fez e por que ele cantou do jeito que cantou. Não havia ninguém como ele e em Seattle, Mark Lanegan era muito amado”.

Além de prolífico artista solo, Lanegan também apareceu como convidado especial (e como vocalista de apoio em algumas turnês) em vários álbuns de estúdio do QUEENS OF THE STONE AGE, numa época em que Dave Grohl também era um membro temporário dessa banda e saíram juntos em turnê no início desse século.


Lanegan também fez presença na banda MAD SEASON.

Recentemente, Mark Lanegan havia lançado 02 livros: "Sing Backwards And Weep" (2020), que documentou a sua longa batalha contra o vício, bem como a sua carreira musical; e "Devil in a Coma" (2021), inspirado em sua experiência de quase morte quando foi infectado pela covid.












Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page