• by Brunelson

Mark Lanegan: músico revela que pegou covid, ficou surdo e em coma


Mark Lanegan anunciou um novo livro de memórias intitulado "Devil in a Coma", que contém um relato aterrorizante da batalha do ex-vocalista do SCREAMING TREES contra a covid.


O músico foi confirmado positivo em março de 2021 e aparentemente ficou “completamente surdo” em um certo ponto.

Lanegan também se viu “entrando e saindo do coma”.

O vocalista - durante todo este século atuando como artista solo - estava morando na Irlanda na época da infecção, tendo se mudado de Seattle. A batalha de Lanegan contra a covid foi descrita em um trecho desse livro, que começa assim:

"Em uma manhã extremamente brilhante na Irlanda em março de 2021, Mark Lanegan acordou e foi até a cozinha para se servir de uma xícara de café".

“Tendo acordado completamente surdo durante a doença que lentamente devorou o seu corpo doente, ele sentia que estava com as costelas quebradas e incapaz de respirar. Lanegan foi carregado com uma dose gigantesca de covid e foi rapidamente levado para o Hospital da cidade com pouca esperança de sobrevivência".

A situação certamente parecia desoladora, como a passagem do livro deixa surpreendentemente claro: "Entrando e saindo do coma, a mente e o corpo de Mark Lanegan ficaram oscilando entre a vida e a morte, incapazes de andar ou funcionar por vários meses. À medida que a sua situação se tornou mais intolerável ao longo da mais sombria das dores, ele foi invadido por pesadelos, alucinações e arrependimentos sobre uma vida vivida à beira do caos e da desordem”.

"Lanegan foi levado a considerar a sua situação e como, em sua 6ª década de vida, a sua batalha ao longo da vida contra a mortalidade que as drogas levam, chegou a esse encontro quase fatal com uma doença que matou milhões de pessoas - quando ele aparentemente esteve enganando a morte por toda a sua existência", conclui a passagem do livro.

De acordo com relatos, a condição de Lanegan melhorou: "Ele recuperou a audição agora, mas a sua saúde está melhorando aos poucos", disse o publicitário do livro.

Este próximo livro de memórias de Mark Lanegan, "Devil in a Coma", segue o seu recente livro biográfico lançado em 2020, "Sing Backwards and Weep", que se tornou um best-seller do jornal britânico Sunday Times na época do seu lançamento.


* Mark Lanegan: "a heroína me impediu de morrer de alcoolismo"


* Screaming Trees: a treta que rolou com o Oasis nos anos 90


* Mark Lanegan: "em vez de ser uma influência positiva para Kurt Cobain, me tornei um facilitador para a sua ruína"


* Mark Lanegan: "uma força muito real interveio na minha vida, quando era um triste pedaço de atropelamento humano"


* Mark Lanegan: confira entrevista completa e reveladora para a revista Rolling Stone


* Mark Lanegan: "Kurt Cobain queria alcançar a grandeza e conseguiu, mas ultrapassou os limites"


* Mark Lanegan: "houve um tempo que me tornei traficante de crack de baixo nível"


* Screaming Trees: um filho esquecido de uma geração

O livro "Devil in a Coma" está programado para lançamento em 14 de dezembro de 2021.


"Nocturne"


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques