• by Brunelson

Pearl Jam: além de 2017, grupo também suspendeu as gravações do novo disco em 2018; veja por quê?


De acordo com o jornalista, autor, executivo musical para a televisão, escritor e editor da Billboard, e co-autor do livro PJ20 e co-produtor do documentário de mesmo nome do livro onde ambos narram a história do PEARL JAM - Jonathan Cohen - em seu recente artigo, o mesmo afirmou que a banda grunge tinha gravado as músicas para um novo álbum em 2017 e 2018.


Realmente, através de entrevistas com os membros do grupo, o novo disco tinha iniciado as gravações em 2017, mas com o falecimento de Chris Cornell, PEARL JAM havia suspendido os trabalhos.


Mas em 2018, a banda também havia suspendido as gravações do vindouro álbum, pois o produtor que trabalhou praticamente em todos os discos do PEARL JAM (produzindo ou mixando), Brendan O'Brien, não estava mais fazendo a parceria com o grupo, por motivos que ainda não foram revelados.


Lembrando que em março de 2018 foi lançado o single da canção “Can't Deny Me”, onde através de entrevistas, foi dito que seria o single do novo disco, mas com a parceria se encerrando com Brendan O'Brien, esta música não irá fazer parte do vindouro álbum do PEARL JAM, "Gigaton" (11º disco, a ser lançado em março de 2020).


Segundo Jonathan Cohen, a única música de 2017/2018 que irá fazer parte do novo álbum, será "Retrograde" - após nova produção com Josh Evans, que é o produtor do novo disco do PEARL JAM.


Foi postado o seguinte no quadro oficial do Ten Club, site oficial do PEARL JAM: “O recente artigo de Jonathan Cohen sobre o álbum 'Gigaton', menciona que a canção 'Retrograde' foi retirada de uma sessão de gravação em 2017".


"A música 'Can't Deny Me' foi lançada em março de 2018 com a menção de que seria incluída no próximo álbum do PEARL JAM e foi gravada durante uma sessão de gravação em fevereiro de 2018 com a produção de Brendan O'Brien".


"Normalmente, PEARL JAM possui um histórico de gravação dos seus discos em 02 a 03 sessões separadas, cada uma com 02 a 03 semanas de duração e produzindo pelo menos 05 músicas em cada sessão".


"Por exemplo, o álbum 'Lightning Bolt' (10º disco, 2013) foi gravado em 02 sessões de gravação. A primeira em 2011, onde também produziram a canção 'Ole' (que não entrou em nenhum álbum da banda) e a segunda sessão na primavera de 2013".


"Portanto, sabemos que eles tiveram 01 sessão de gravação em 2017 e outra em fevereiro de 2018. Aparentemente, apenas a música 'Retrograde' dessas sessões estará no disco 'Gigaton', sendo que o restante das canções foram gravadas em abril, agosto e setembro de 2019. O site pearljamonline.it também corrobora esta informação".


"Em conclusão, isso significa que, provavelmente, existem várias músicas inéditas das sessões de gravação de 2017 e 2018, que originalmente foram planejadas para um lançamento em 2018 - e que incluiria as músicas 'Can't Deny Me' e 'Retrograde'".


"Obviamente, algo aconteceu no meio deste processo, forçando o PEARL JAM a recomeçar os trabalhos em 2019 com um novo produtor".


"Esperamos que os apresentadores/jornalistas perguntem sobre esta questão ao pessoal da banda nas próximas entrevistas, quando forem abordar sobre o álbum 'Gigaton'”.


Enquanto isso, confira o videoclipe da canção "Dance of The Clairvoyants", single do vindouro álbum do PEARL JAM, "Gigaton", e mais abaixo, a track-list do novo disco:

Track-list


1. Who Ever Said

2. Superblood Wolfmoon

3. Dance of The Clairvoyants

4. Quick Escape

5. Alright

6. Seven O'Clock

7. Never Destination

8. Take The Long Way

9. Buckle Up

10. Come Then Goes

11. Retrograde

12. River Cross

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead