Rage Against The Machine: "não derrubamos Simon Cowell, o próprio povo do Reino Unido o derrubou"

August 23, 2019

 

Em uma nova entrevista para o programa britânico da BBC 6 Music, o guitarrista do RAGE AGAINST THE MACHINE, Tom Morello, foi perguntado como a sua banda entrou em conflito com o apresentador Simon Cowell - do programa musical de reality show britânico, X-Factor - e como a própria gravadora da sua banda, Epic Records, rejeitou a campanha contra este programa e que levou a um show histórico na Inglaterra em 2010. 

 

No final de 2009, RAGE AGAINST THE MACHINE juntou-se a uma campanha on-line reunindo os fãs para baixarem a música “Killing in The Name”, que foi originalmente lançada no álbum homônimo de estréia em 1992. A canção contém a frase: “Vai se foder / Não vou fazer o que você está me dizendo".

 

Seguem alguns trechos:

 

Jornalista: Eu acho que um dos momentos que mais amamos na história do RAGE AGAINST THE MACHINE, é o fato de que todo aquele movimento foi criado para "derrubar" Simon Cowell...

 

Tom Morello: Claro, mas eu não diria que derrubamos Simon Cowell, mas sim, que o próprio povo do Reino Unido o derrubou. O relançamento desta música foi 1º lugar no ranking de natal e que agora está chegando ao seu 10º aniversário. Já se passaram 10 anos e foi um evento extraordinário, onde nós estávamos levando os compromissos da banda em Los Angeles e alguns amigos meus do Reino Unido me mandaram uma mensagem, dizendo:

 

"Você sabe o que está acontecendo aqui no Reino Unido?"

 

Morello: Nós não tínhamos ideia do que estava acontecendo, não sabíamos o que era o programa X-Factor e nem sabíamos quem era Simon Cowell. Descobrimos que é um sistema manipulado onde eles têm esse programa de TV, sendo que alguém ganha o programa e eles cantam a música que todo mundo irá comprar no dia seguinte. 

 

Morello: Sempre é escolhida como o nº 1 no ranking de natal e todos se dão tapinhas nas costas...

 

Morello: Resolvemos relançar a canção "Killing in The Name" em resposta às desavenças que Simon Cowell vinha falando do RAGE AGAINST THE MACHINE e tipo, em toda a nossa recente história, foi a música mais baixada na internet em sua 1ª semana, sabia?

 

Morello: A canção "Killing in The Name" se destaca como um ponto alto durante toda a nossa carreira e a nossa gravadora, que era da Sony, fez tudo para nos fazer perder este embate, porque eles também representavam Simon Cowell e sabiam de que lado o pão deles era mais amanteigado, certo? A nossa gravadora não retornou os nossos telefonemas ou e-mails e depois de tudo, ficamos muito animados porque essa era uma música de 17 anos e que se tornou a nº 1 do ranking... Depois do resultado, um silêncio mortal foi a resposta deles.

 

Morello: Além disso, apesar de não termos cópias físicas, foram mais de 600 mil downloads em 01 semana e nós o esmagamos... Foi incrível, cara!

 

O site rockinthehead havia publicado uma matéria onde Tom Morello tinha comentado sobre este mesmo assunto. Para conferir, é só clicar no título abaixo:

 

* Rage Against The Machine: "procurava emular sons de aspirador de pó, rinoceronte e liquidificador na guitarra"

 

Confira a performance do RAGE AGAINST THE MACHINE com a música "Killing in The Name" neste show realizado na Inglaterra, em Junho de 2010, celebrando esta marca inigualável citada por Morello em resposta ao programa X-Factor e seu apresentador:

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Pisswand: bandas atuais de Seattle mantendo o legado rock - Parte 4

August 7, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead