Tad: "Chris não era ele mesmo naquela fatídica noite"

August 23, 2018

 

O baixista da banda grunge de Seattle, TAD, Kurt Danielson, falou sobre a morte de Chris Cornell quando foi entrevistado pelo documentário da TV americana que narra a vida e últimas horas do ex-vocalista do SOUNDGARDEN, AUDIOSLAVE e TEMPLE OF THE DOG.

 

Em um ponto durante o programa, Danielson discutiu sobre as letras sombrias de Cornell.

 

"No caso de Chris, porque há uma recorrência desses temas obscuros, você pode pensar: 'Ah, as suas letras são realmente autobiográficas'".

 

Ele também falou sobre como grandes artistas são subestimados emocionalemnte enquanto ainda estão vivos.

 

“Eu não acho que nós realmente entendemos alguém como Chris até que eles desapareçam, porque, infelizmente, tendemos a considerar as pessoas como garantidas e seguras. Nós nunca iremos enxergar o bastante enquanto pessoas assim estiverem vivas”.

 

Ele também falou sobre o estado mental de Cornell na noite em que ele morreu - Maio/2017.

 

“Só posso supor que, quando chegou a hora, Chris não era ele mesmo. Eu acho que isso aconteceu devido as substâncias que estão em seu organismo (vários medicamentos identificados na autópsia), onde a pessoa pode perder o contato consigo mesmo e com os outros, e se tornar tão atolada em sua própria dor, perdendo de vista as conseqüências de suas ações”.

 

Cornell estava tomando o medicamento prescrito Ativan e ele tinha acabado de tomar pouco antes de falecer. Segundo relatos médicos, este remédio não deve ser indicado a ex-dependentes químicos em recuperação a longo prazo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

John Frusciante: "abordagem somente em solos de guitarra é um beco sem saída"

December 10, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead