top of page
  • by Brunelson

Dave Grohl: quando nomeou as suas 05 bandas preferidas de hardcore


Se há uma área que Dave Grohl conhece mais do que a maioria, é a onda original do punk hardcore da capital Washington.


Em seus dias antes de ser o baterista do NIRVANA e frontman do FOO FIGHTERS, ele era o adolescente prodígio da bateria do reverenciado grupo punk hardcore da capital, SCREAM, uma banda que ele famosamente abandonou a escola aos 17 anos de idade para fazer uma turnê pelo mundo.

Felizmente, foi uma decisão importante e abriu a porta para que ele se tornasse a lenda que todos conhecemos e amamos hoje.


Dado que Grohl fez parte do primeiro capítulo do hardcore antes de se tornar o gigante multifacetado que é hoje, uma vez ele foi solicitado a nomear as suas bandas favoritas da cena. Não é novidade que, como muitos de sua geração e daqueles que se seguiram, Grohl citou 02 pesos pesados que definem o hardcore como os seus favoritos, as bandas MINOR THREAT e BAD BRAINS, bem como as lendas do DIRTY ROTTEN IMBECILES (D.R.I), outro grupo amplamente influente da cena.

Ao ser entrevistado pela revista britânica Melody Maker em 1997, Grohl listou as suas 05 bandas preferidas de hardcore e explicou o por quê.

A primeira de suas escolhas foi o BAD BRAINS, um dos grupos por excelência da capital Washington, onde Grohl foi rápido em apontar o quão eficaz era a sua mistura de hardcore com reggae: “BAD BRAINS foi totalmente incrível e eles eram a melhor banda ao vivo do mundo. Eles eram 04 jovens negros hiperativos da capital Washington e podiam tocar o hardcore mais incrível de todos, para apenas depois entrar no reggae mais lindo e gracioso de todos... Eles eram incrivelmente talentosos”.




A escolha seguinte de Grohl foi outro ato da capital, o grupo de curta duração chamado VOID e que ficou ativo de 1979 a 1984. Uma das primeiras bandas da cena a fundir elementos do punk rock com o heavy metal de uma forma aceitável, Grohl lembrou que parte do seu brilhantismo era a sua abordagem mínima em seus instrumentos: “VOID era um grupo da capital que era uma espécie de banda de metal que não conseguia tocar os seus instrumentos tão bem, mas eles foram ótimos ao vivo e o vocalista deles era um trabalhador bêbado da construção civil... Eles foram incríveis e ótimos pra caralho".

Na sequência, Grohl também escolheu o grupo D.R.I. e lamentou ter perdido um disco de 7' polegadas que continha 22 músicas (!), o qual havia comprado do próprio vocalista dessa banda em um show realizado em 1982: “O 1º disco que eles lançaram foi um de 7' polegadas que tinha 22 músicas. Comprei do próprio vocalista deles em um dos seus shows por volta de 1982 e gostaria muito de ainda tê-lo, porque era a coisa mais incrível do mundo. Algumas de suas músicas tinham cerca de 11 segundos de duração e uma canção épica deles teria 01 minuto e 05 segundos de duração... Esta seria a música ‘Stairway to Heaven’ do LED ZEPPELIN para eles”.

A penúltima escolha de Grohl foi a lenda do punk rock de Chicago, NAKED RAYGUN, um grupo conhecido por sua fusão punk, pós-punk e pós-hardcore. Foi também o primeiro grupo punk rock que Grohl assistiu ao vivo e que lhe causou um impacto tremendo, a ponto de convida-los a abrir um show do FOO FIGHTERS anos mais tarde: “NAKED RAYGUN foi a 1ª banda de punk rock que eu vi num show e foi em Chicago. Eles tinham uma vibe meio estranha de surfistas e as suas músicas eram inteligentes e espirituosas. Eles simplesmente arrasaram!”



A escolha final de Grohl foi o grupo pioneiro do movimento straight edge do vocalista Ian MacKaye, a banda MINOR THREAT. Sem dúvida, o grupo mais significativo na história do hardcore, onde muitos dos princípios musicais e éticos centrais do hardcore se encontram em sua gênese. O que é mais notável sobre o MINOR THREAT é que eles só estiveram ativos por 03 anos, de 1980 a 1983.

Grohl finalizou: “Eles meio que transformaram o hardcore no que é hoje, com os vocais de Ian MacKaye em seu discurso de 'sem bebidas e sem drogas'. Eles começaram uma nova era e embora fossem meio minimalistas, eles eram músicos realmente talentosos e que arrasavam”.






Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page