• by Brunelson

Red Hot Chili Peppers: guitarrista tentou salvar Layne Staley das drogas


No dia 05/04/2019 (sexta-feira passada), marcou os 17 anos da morte do lendário vocalista do ALICE IN CHAINS, Layne Staley.


E foi revelado que alguns anos antes de morrer por overdose de drogas em 5 de abril de 2002, o ex-guitarrista do RED HOT CHILI PEPPERS, John Frusciante, tentou salvar a vida de Layne.


Por volta de 1999/2000, Bob Forrest (vocalista de bandas em Los Angeles) e John Frusciante (ambos amigos de Layne), tentaram ajudar Layne Staley a se livrar das drogas. Forrest recordou a história em seu livro "Running with Monsters: a Memoir".


Forrest ganhou uma reputação na época como alguém que podia se comunicar com viciados, sendo que foi ele quem ajudou Frusciante a ficar limpo das drogas em 1998. Frusciante estava hesitante em visitar Staley porque ele não achava que pudesse dar o exemplo a alguém ficar livre das drogas, mas Forrest insistiu para que Frusciante fosse junto com ele.


Forrest ligou para a mãe de Staley, Nancy, e disse que eles tentariam ajudá-lo, embora ele dissesse a ela que não sabia se iria funcionar.


Nancy havia respondido para Forrest: “Layne tem um estranho senso de humor. Eu disse a ele que Frusciante teve gangrena uma vez e Layne havia me perguntado: 'Em seu braço? Isso é terrível, mãe. John é um guitarrista e ele precisa das mãos e braços. Eu? Eu sou apenas um cantor. Eu posso viver sem eles'. Eu sei que Layne estava brincando, mas eu não gosto de ouvir coisas assim. Você pode tentar falar com ele?"


Forrest concordou e ele e Frusciante visitaram Staley no seu condomínio em Seattle. Forrest disse que a mente de Staley claramente ainda funcionava, mas que ele estava "a um milhão de milhas de distância".


Bob: “Hey Layne. O que está acontecendo".


Layne: “Nada, mas eu sei porque você está aqui".


Bob: “A sua mãe está preocupada, cara. Você não parece muito bem".


Layne: "Eu estou bem, sério mesmo".


Staley estava jogando videogame enquanto conversavam e "fingiu" ouvir o que Forrest estava lhe dizendo. Depois que Forrest e Frusciante partiram, Forrest disse: “Eu não acho que ele sairá disso”. Frusciante respondeu: “É a vida dele, cara”.


Forrest disse que por um longo tempo pensou que o amor poderia curar o vício, sendo que ele disse que amava Layne Staley, mas isso não o salvou.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead